Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Truques para não perder dinheiro na venda de um jogador

Precisando de Dinheiro?

Ganhe até $80 por Dia
Sem Indicar Nem Vender
Forneça seus Dados para Começar

Para a maior parte dos clubes atuais, as chamadas “receitas extraordinárias” são as que mais pesam no respetivo orçamento anual. E de entre todas essas receitas as mais importantes são sem dúvida as que resultam da venda de jogadores.

Se quisermos averiguar as melhores estratégias para rentabilizar ao máximo esta fonte de receitas, a tática mais eficaz será certamente esta: investir ao máximo na prospeção de jovens talentos e na formação de jogadores. Depois, na hora de vender o passe de um atleta é preciso ter em conta determinadas “regras” que devem ser seguidas para rentabilizar ao máximo essa receita. De seguida apontamos 7 estratégias que devem ser levadas em conta para essa rentabilização.

1. Promover, por todas as formas, a imagem do jogador

Quando se pretende alienar o passe de um jogador deve fazer-se tudo para melhorar a sua imagem; ele deve ser promovido a estrela, mostrado ao mundo como um jogador de relevo. Esta importante campanha de marketing deve ser promovida o mais cedo possível relativamente ao momento da venda.

2. Envolver ao máximo a comunicação social

Começado pelos órgãos de informação do próprio clube, a direção deve fazer todos os possíveis por levar a imagem do jogador aos jornais, para que ele saia valorizado (para os sócios, adeptos, simpatizantes das apostas, apaixonados pela bola, entre outros) e de maneira a que o mundo do futebol desperte interesse pelo jogador.

3. Negociar com vários clubes e/ou agentes, promovendo a competição entre eles

As negociações para a alienação do passe de um atleta nunca devem ser feitas com um único clube ou com clubes preferenciais. O clube deve fazer todos os possíveis por abranger diversos interessados, para que as leis da concorrência cumpram o seu papel e valorizarem o referido passe.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

4. Evitar ao máximo a negociação com intermediários

Os agentes dos jogadores, as empresas especializadas e todo o tipo de intermediários devem ser sempre evitados pois estes acabam sempre por cobrar percentagens (as famosas comissões) que podem ser contornadas se os clubes conseguirem desde o início do processo encetar negociações diretas com os clubes interessados.

5. Ter sempre em conta a idade do jogador

É preciso escolher com cuidado o momento da alienação. É necessário vender o passe do jogador antes que ele atinja uma idade em que diminui o rendimento desportivo. Em conformidade com a posição que ocupam no terreno (e outras variáveis como a resistência física) todos os jogadores atingem uma determinada idade em que começam a desvalorizar. É essencial que a venda se dê antes desse momento mas não numa fase de crescimento em que a formação e a valorização são processos a decorrer.

6. Aproveitar um bom momento de forma para promover a venda

Para além da idade, o momento de forma é outro fator temporal que condiciona a venda de passes de jogadores; não se deve nunca vender um atleta num mau momento de forma pois isso diminuirá o seu valor.

7. Renovar o contrato do atleta atempadamente

Antes de manifestar a vontade de vender e estabelecendo uma boa cláusula de rescisão. Este é um fator essencial. É por este motivo que nunca se deve deixar terminar o contrato de um jogador ou deixar que as cláusulas contratuais facilitem de qualquer forma a sua saída.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
30 ⁄ 6 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>