Segurança acessível

Robô Trader da BINANCE por $5
Clique Para Ver o Vídeo

Sentir-se seguro é uma necessidade vital ao ser humano. Podemos perceber este instinto também nos animais, pois ao ser ameaçados atacam seu inimigo para defender sua ninhada. Na legislação civil sabemos que não se pode atacar a nenhum semelhante, pois se tens penalidades quanto a atos dessa natureza. Mas, por outro lado, prevenir-se deles é permitido, e é aí que começamos a falar de segurança residencial.

Quem não pode atacar, previne, é esse o meio de evitar incômodos e problemas maiores. Mas a pergunta de quase todos é, e como se faz isso? Pois bem, hoje no mercado existem inúmeros aparatos de segurança, e muitas vezes o que serve para o vizinho não é o ideal para mim.

O primeiro passo é sempre pensar no que se quer. Quero saber que algo está errado com urgência? Quero ter provas de que entraram aqui e prender essas pessoas? Quero impedir que entrem em meu pátio? Todas essas perguntas são necessárias, e dentro do orçamento disponível montar um projeto eficiente de segurança.

  Filho de Deus.

Para quem deseja inibir ações, tentando proteger a área externa de uma casa, o melhor equipamento é a cerca elétrica. Além de um mecanismo simples, ela passa uma sensação de insegurança para os bandidos, pois logo na entrada se tem uma barreira concreta.

As cercas elétricas, modelo estas http://adrita.com.br/index.php?cc=531&ss=545, funcionam assim: Um sensor é acionado  quando o fio da cerca é tocado, o mesmo dispara uma descarga elétrica razoável, a qual atinge diretamente o invasor.

Inscreva-se na CriptoNews

  Aspiradores de pó industriais ou de uso comum, qual escolher?

Na área externa também existem os alarmes, que funcionam exatamente para alarmar que algo está errado. Estes dispositivos estão ligados a uma central de monitoramento, e quando toca, a mesma recebe um chamado e deve verificar a situação.

Como podem ver é uma logística simples, porém eficiente. Além das centrais, os vizinhos e pessoas que passam pela rua ouvem o sinal, e os bandidos tendem a fugir por medo da prisão. Pode acontecer de o sistema ser acionado por algum animal ou falha, e nestes casos, existe um código especial significando perigo ou que está tudo bem, e o mesmo é dito em uma ligação prévia feita pela empresa contratada.

Dentro de casa se recorre ás câmeras de segurança. Elas não alarmam uma invasão, mas são um prova concreta contra os assaltantes. Quando se tem um sistema completo, que compreende todos os itens citados aqui, eles podem estar interligados, e a soma de suas utilidades formarem uma segurança completa.

  Segurança e Monitoramento

Como sabemos, elas gravam todas as ações, e tem a possibilidade de serem camufladas dentro da estrutura. Sendo assim, elas não são vistas e não correm o risco de serem danificadas ou levadas durante a ação.

Seja um Escritor do oTudo.com
Saiba Como Começar

Com essas dicas, espero ter ajudado a sanar algumas dúvidas sobre segurança residencial. É claro que outros aparatos existem, e o projeto pode ser melhorado com interfones, portões eletrônicos e demais aparelhos. Esse seria o modelo mais simples e funcional, mas como disse no início, cada caso deve ser analisado separadamente.

Clique para Decolar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*