Se você quer cem anos de Prosperidade, cultive Pessoas


Se você quer um ano de prosperidade, cultive trigo.
Se você quer dez anos de prosperidade, cultive árvores.
Se você quer cem anos de prosperidade, cultive pessoas.
(Provérbio Chinês)

Nada mais atual que este velho provérbio chinês. Aliás, é um assunto que apesar dos anos se passarem, sempre está na moda.

Hoje, nada no mundo, se faz sem “pessoas” que colocam o seu trabalho à disposição de uma empresa para ali executarem algo que aprenderam nos seus tempos de escola, seja ela uma faculdade ou um curso profissionalizante.

Grandes empresas investem em seus funcionários. Dedicam parte dos seus lucros para treinar e aperfeiçoar profissionais com uma finalidade única: Capacitá-los para que produzam mais.
Isto hoje é uma realidade. É preciso se aperfeiçoar, os tempos mudam, as coisas mudam, a tecnologia avança a passos largos. De nada adianta para uma empresa um funcionário que está com seu conhecimento desatualizado. Quando este funcionário enfrentar uma situação nova, onde o seu conhecimento não alcança, seria necessário ou terceirizar esta tarefa ou contratar um novo funcionário.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Então, porque não investir em seus funcionários? Porquê não treina-los para que fiquem por dentro dos avanços da tecnologia, das modernas técnicas de lidar com pessoas, da arte de criar utilizando as modernas ferramentas que são desenvolvidas diariamente?

Mas, eu pergunto: Será que todas as empresas pensam desta maneira?
Segundo uma pesquisa, somente um em 14 trabalhadores recebem qualquer tipo de treinamento por parte de uma empresa. Eu, particularmente acho que essa proporção é aínda maior.

Veja por exemplo a situação de um funcionário que investe vinte anos de sua vida em uma empresa e de repente é demitido. Se este funcionário não recebeu nenhum treinamento e também não teve interesse em aperfeiçoar-se, vai estar em uma situação muito difícil.
As exigências do mercado de trabalho estão cada vez maiores. Se não houver interesse em investir em treinamento, por vontade própria ou por parte da empresa, quando for dispensado do seu trabalho, terá que voltar a estudar para se adequar ao mercado de trabalho.

Eu sou da opinião que as empresas deveriam investir mais em seus funcionários. Fornecer treinamentos, estimular para que cada um busque estar atualizado. O funcionário ganha, mas a empresa também ganha. Um funcionário tratado desta forma tem mais estimulo para trabalhar, se sente valorizado.

Lí em algum lugar que o maior patrimônio de uma empresa são seus colaboradores. Sem eles, a empresa não vai para frente, não progride. Se tratar bem seus funcionários, a reciprocidade é a mesma: os funcionários tratarão bem a empresa. Em outras palavras, irão “vestir a camisa da empresa”, como muitas empresas exigem. Mas para o funcionário “vestir a camisa da Empresa”, também é necessário que a “empresa vista a camisa dos Funcionários”. É reciprocidade. Funciona? É claro!

“A fórmula secreta para os negócios de sucesso é tratar os clientes como hóspedes e empregados como pessoas”. (Tom Peters)

Invista nos seus funcionários, tenho certeza que não vai se arrepender.

Grande abraço e até o próximo artigo.


Talvez você goste disso também:

Sobre: José Antônio Rodrigues

José Antônio Rodrigues, técnico em Eletrônica, Autor de duas apostilas técnicas voltadas para a área de eletrônica, boletins técnicos, revistas técnicas e uma infinidade de artigos espalhados pela internet.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
18 + 9 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>