Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Regras de etiqueta em restaurantes

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

Todos nós, em algum momento de nossas vidas, já lemos algum livro ou artigo sobre etiqueta, sobre como se comportar ao nos sentarmos em uma mesa para fazer uma refeição, sobre como usar os talheres, enfim, como agirmos para não parecermos animais selvagens diante das outras pessoas. Todos nós, aprendemos algo com esses livros ou artigos, porém, após uma certa jornada de trabalho duro como empregado de mesa aqui em Portugal, eu aprendi o quanto tudo isso se torna tão ineficiente quando não sabemos o básico da boa educação, aquela educação que todos nós devemos adquirir no decorrer do nosso crescimento enquanto seres humanos. Ao ver o quanto as pessoas se apegam a esses detalhes de etiqueta para impressionar e se esquecem dos detalhes mais simples, resolvi dar algumas dicas que, na minha opinião (quero deixar claro que essa é uma opinião particular que, provavelmente, não existe em nenhum livro de etiqueta) fazem toda a diferença na hora em que o cliente vai ser servido em um restaurante.

Regra Nº 1 – A chegada:

Acredito que todos os restaurantes têm um horário fixo para começar a servir os almoços ou os jantares, geralmente esse horário está afixado em local bem visível na entrada, porém é importante lembrar que antes de começarem a servir, o restaurante precisa ser limpo, os talheres e copos passados por água quente e depois serem secos um a um, as mesas precisam ser arrumadas, as casas de banho limpas… Enfim, existe todo um processo, um ritual que deve ser feito antes de começarem a servir os clientes e que, algumas vezes pode atrasar um pouco, pois o restaurante não fica pronto, à sua espera, num passe de mágica. Se tu chegas 20 ou 10 minutos antes do horário de abertura, tu podes não acreditar, mas tu desestabiliza todo o funcionamento do serviço e o empregado de mesa vai odiá.lo(a) eternamente.

Regra Nº 2 – A chegada 2:

Talvez tu não saibas, mas o tipo de trabalho que uma pessoa faz não a torna pior nem melhor que outra pessoa, um empregado de mesa não é pior do que você só porque tu fazes o teu trabalho sentado(a) em um escritório, possivelmente, ele pode ser até mais inteligente do que você. Por isso, se tu és do tipo de pessoa que faz questão de cumprimentar o dono do restaurante com todos os dentes da boca à mostra e, para fazer isso, passa pelo empregado de mesa como se ele fosse o homem invisível, sem desejar um bom dia ou boa noite, lembre-se que o dono do restaurante só quer saber se tu vais pagar depois de comer, enquanto que o empregado vai serví-lo(a) pessoalmente, e pela sua má educação ele vai odiá.lo(a) eternamente e, se for uma pessoa rancorosa, sim, ele vai cuspir na sua comida.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Regra Nº 3 – Ao sentar-se:

Provavelmente reparaste que havia várias mesas lindamente arrumadas, com toalhas limpas, copos, guardanapos, talheres… Tudo na perfeita ordem, só à espera de que alguém as ocupasse, então, por que é que escolheste a mesa que acabou de ser usada e está toda em desordem ou aquela que, claramente, não está preparada porque não deve ser usada já que existem várias outras? Isso trará duas consequências: tomará mais de cinco minutos do tempo do empregado de mesa para arrumar a única mesa que não devia ser usada e fará com que ele te odeie eternamente.

Regra Nº 4 – Ao fazer o pedido:

Com certeza tu e teus amigos terão todo o tempo do almoço/jantar para conversarem, então, quando o empregado vier à mesa apontar o pedido, interrompa a conversa e faça seu pedido olhando na cara da pessoa que está ali para serví-lo(a), tu não te tornarás mais pobre, nem menos culto(a) ou menos inteligente se olhares para ele, ao contrário, isso mostrará que tu és uma pessoa educada, ele será gentil contigo e terás uma agradável refeição.

Regra Nº 5 – Não faças perguntas parvas :

É natural que queiramos saber o que vamos comer e que perguntemos a base do prato escolhido, porém, deveria ser óbvio para todos que o empregado de mesa não fica na cozinha a provar todos os pratos (principalmente os mais caros e bem elaborados) para saber se é bom ou não, o que ele pode é lhe recomendar os pratos mais pedidos. É de se imaginar que o empregado que almoça no restaurante come o mais básico dos básicos que houver na cozinha, portanto, fazer perguntas do tipo ” como é feito esse prato?”, “É bom?”, “O peixe tá fresco?” “O peixe é do mar?”, etc. fazem de você uma pessoa totalmente parva, pois, por mais que ele queira, e queira muito, lhe dar uma resposta sincera ele vai sempre dizer que o prato é bom e que o peixe é fresco, mas a verdade é que ele pode cuspir na sua comida depois e te odiar eternamente.

Regra Nº 6 – Reclamações e elogios:

Se algo na comida não te agradou, desde que não seja algo insignificante, chame o empregado e, educadamente, faça uma reclamação, seja simpático(a) mesmo ao reclamar, primeiro porque, provavelmente, a culpa não é dele, segundo porque a reclamação de uma pessoa simpática é muito bem aceita, enquanto que, a reclamação de uma pessoa mal humorada e mal educada, provavelmente, fará com que essa pessoa seja odiada eternamente. Se, ao contrário, a comida estava ótima, o atendimento perfeito e o clima agradável, diga isso ao empregado e, se possível, ao patrão, geralmente o patrão não elogia os empregados e é bom que ele saiba que eles fazem um bom serviço.

Regra Nº 7 – É hora de ir embora:

Se o restaurante já encerrou o seu horário de almoço/jantar a cinco minutos atrás, o que é que você ainda faz sentado(a) aí? Essas pessoas não têm um horário de trabalho como o seu, elas não saem 5 minutos adiantadas nem chegam 10 minutos atrasadas, essas pessoas fazem horas e horas a mais do que o combinado e não recebem hora extra por isso, então, que tal se levantar 10 minutos antes do horário de encerramento, dizer tchau, dizer que estava tudo perfeito, agradecer e ir embora? Se fizeres isso eu tenho a certeza que serás sempre bem tratado(a) e podes até receber descontos algumas vezes, mas se já levantaram todas as outras mesas, já fecharam as portas, já apagaram as luzes da cozinha e tu ainda estás a bebericar o vinho que pediste há três horas atrás, enquanto o empregado está encostado ao balcão a olhar fixamente na sua cara eu nem preciso dizer qual o sentimento ele está a nutrir por ti, preciso?

Sei que essas regras não estão nos livros de etiqueta, aliás, nem são regras, mas sim sugestões, e sei que posso estar sendo radical, talvez até um pouco exagerado, mas sei também que não há nada pior do que trabalhar com pessoas mal educadas, com ar de superiores. Se me perguntarem se alguma vez já cuspi no prato de algum cliente vou responder com toda a franqueza que não, se me perguntarem se já tive vontade de fazer isso, responderei sem hesitar que já tive vontade várias vezes, felizmente eu adoto a filosofia de não fazer com os outros o que eu não gostaria que fizessem comigo, mas creio que nem todos pensam assim, e mesmo que pensassem, não custa nada ser educados e gentis com todas as pessoas que nos rodeiam. Eu sei que muitos irão dizer que os empregados estão ali para isso e não fazem nada além da obrigação deles, e coisas do gênero, mas lembrem-se que o dedo só sabe o que o prego sente quando se coloca no lugar dele (não tenho certeza, mas acho que essa eu acabei de inventar), enfim, se achas que eu estou totalmente equivocado e queres que o empregado continue a fazer aquela cara de ódio quando vê você a vir em direção ao restaurante, ignore todas essas sugestões, continue a se achar uma lenda quando sai pra almoçar ou jantar fora e tenha um bom apetite.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Sobre: francomafra

Olá, acabo de criar um blog sobre assuntos diversos, tais como: moda, sexo, beleza, saúde, curiosidades e música. Ficaria muito feliz se vocês pudessem visitar e, se possível, tornarem-se membros. Abraços.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>