Panelas de pressão precisam ser certificadas pelo Inmetro

O uso de utensílios de cozinha, como panelas, assadeiras, bules, frigideiras, formas, entre outros é frequentemente associado a acidentes durante o preparo de alimentos. É claro que boa parte desses acidentes se dá em decorrência de má conservação ou uso inadequado de cada um desses utensílios. No entanto, também é importante que as panelas e demais objetos tenham composições e acabamentos resistentes e seguros, a fim de evitar que o consumidor se machuque.

Processo de certificação

É com esse objetivo que o Inmetro publica portarias que determinam que utensílios do gênero recebam o selo do Inmetro. A presença do selo indica que o produto (amostras) foi submetido a uma bateria de testes de ensaio em laboratório, realizados com o objetivo de avaliar sua composição e suas propriedades mecânicas.

Caso o produto atinja os requisitos mínimos preestabelecidos para cada item avaliado, ele é considerado seguro e recebe o selo do Inmetro. Se não atingir esses requisitos, o produto é reprovado e, dessa forma, sua comercialização em todo o território nacional não está autorizada. A certificação de panelas é um meio de fiscalizar sua produção e comercialização, com o intuito de garantir a segurança do consumidor.

Panelas de pressão

Nesse contexto, as panelas de pressão merecem uma atenção especial, pois, quando sua produção ou seu uso são inadequados, o risco de explosão é grande. A explosão de uma panela de pressão pode causar danos materiais ao ambiente em que estiver sendo utilizada e ferir gravemente qualquer pessoa que estiver por perto.

A pressão faz com que o conteúdo da panela (em alta temperatura) espirre por todo o local, podendo causar queimaduras. Além disso, o próprio impacto da panela pode machucar as pessoas.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Quais itens de panelas de pressão são avaliados?

Nos ensaios laboratoriais, são avaliados os seguintes aspectos:

  • Teste hidrostático de resistência do alumínio;
  • Funcionamento da válvula de segurança;
  • Pressão máxima de trabalho;
  • Resistência de cabos e alças;
  • Teste de corrosão;
  • Teste de vedação;
  • Capacidade volumétrica.

Como evitar acidentes com as panelas de pressão?

Ganhe Dinheiro
Todos os Dias
Sem Vender Nada

Cadastre-se AQUI para Iniciar!

Apesar de todas essas propriedades serem avaliadas em laboratório, o risco de acidentes continuará existindo se o consumidor utilizar o utensílio inadequadamente. Para evitar explosões, é preciso limpar frequentemente (ou trocar, quando necessário) a válvula, já que seu entupimento provoca as explosões. Contudo, é importante ressaltar que as válvulas de panelas do tipo só devem ser trocadas em locais autorizados – que utilizam peças originais. Caso contrário, os riscos de acidentes continuarão altos.

Talvez você goste disso também:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Enter Captcha Here : *

Reload Image

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>