Onduline apresenta as vantagens sobre a sustentabilidade na construção civil

Empresa fabricante de telhas sustentáveis apoia diversas práticas que não agridem ao meio ambiente

A construção civil é um dos setores que mais agridem o meio ambiente. Por esse motivo ele está sendo repensado pelas autoridades governamentais, além de haver uma forte onda de conscientização dos profissionais, como os produtores de materiais para construção, engenheiros, arquitetos, construtoras.

Qualquer tipo de entulho (todo o material que sobra da nossa obra) não é considerado lixo comum e, por isso, não pode ser depositado em qualquer lugar. É necessário contratar uma empresa especializada para retirar o entulho da obra e levar a um lugar especialmente destinado a esse tipo de objetos. Caso a empresa não faça isso e leve tudo para um aterro ilegal, por exemplo, a responsabilidade é do dono da obra.

Quase 100% do entulho pode ser reciclado e transformar-se em novos produtos. A reciclagem de resíduos ou entulhos da construção civil gera subprodutos como tijolos, brita, canos de esgoto, calçamentos, entre outros. Assim, o lixo não é gerado e ainda evita-se a extração de matéria-primas sejam retiradas do meio ambiente.

Planejamento é fundamental em detalhes, desde o projeto até a compra de material, visando diminuir custos e eliminar desperdícios, bem como o impacto negativo ao meio ambiente. Hoje é possível conhecer a origem dos produtos comprados, se estão de acordo com as leis ambientais ou se são ecológicos. Existem produtos sustentáveis disponíveis como os da marca Onduline, multinacional francesa fabricante de telhas produzidas com vibras vegetais recicláveis e resina especial. A empresa utiliza-se de materiais originados em processos não extrativistas na fabricação de seus produtos, e não fazem uso do amianto, prática comum no setor.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

“Além das vantagens para o meio ambiente, se comparadas a outros fabricantes, as telhas Onduline têm baixa transmissão de calor e ruído, o que proporciona maior conforto ao consumidor”, afirma Ana Carolina Carpentieri, Coordenadora de marketing da Onduline.

Sobre a Onduline

Criada em 1950 na França, o Grupo Onduline – o maior fabricante de telhas de fibra vegetal do mundo – nasceu com o objetivo de suprir a necessidade do mercado por uma telha mais leve, resistente, flexível e durável.

A empresa atua na indústria de construção civil com produtos sustentáveis dentro do seu processo de produção, utilizando recursos que são reciclados e reaproveitados. Na fábrica, por exemplo, o consumo total de energia é de 2,8 kwh por m² de telha (energia elétrica e gás natural). A água é reaproveitada, pois o circuito é fechado, havendo apenas a reposição do que é evaporado.

Hoje, a Onduline possui 40 filiais internacionais e 10 fábricas em funcionamento em vários países, como França, Itália, Malásia, Turquia, Espanha, Polônia, Estados Unidos, Brasil e Rússia e seus produtos são comercializados em mais de cem países.

A fábrica brasileira da Onduline foi inaugurada em Juiz de Fora em maio de 2006. O objetivo era trazer ao mercado brasileiro uma telha ecológica, leve e de fácil instalação.

O Grupo Onduline prioriza questões fundamentais como design, meio ambiente, eficiência e versatilidade. Por isso, é muito mais do que uma simples marca de telhas. É a marca da inovação em cobertura, sem deixar de lado a questão da sustentabilidade. A empresa oferece soluções completas, tanto para novos projetos quanto para reformas, sub e sobre coberturas de telhados.

Conheça mais sobre a empresa através do site www.onduline.com.br.

Talvez você goste disso também:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
27 ⁄ 9 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>