O Samba do padreco doido

Trade de Bitcoin?

Simples! Comece Agora!

Acesse SimpleFX

Reginaldo Manzotti. Eis a bola da vez da cristandade alegre e festiva. Eis o novo queridinho da ala católica da chamada renovação carismática. Manzotti, padre e, também, lógico, cantor é o novo hit do lucrativo segmento fonográfico dos cantores de Cristo – e os direitos autorais vão pra quem, é o Espiríto Santo quem os recolhe? Padre Manzotti já vendeu CD pra caralho! Deve ter ganhado sei lá quantas Hóstias de Ouro e Hóstias de Platina.
Mais um boçal fantasiado de padre. Mais um idiota ordenado e ungido por Deus. Deus os adora, os idiotas. Ou não os faria em tão grandes quantidades.
Padre Manzotti não fala nada com nada, não rima lé com cré, chama Jesus de Genésio, uma insanidade só. Seus pronunciamentos são o samba do crioulo doido, ops, do padreco doido. Manzotti é a personificação da Torre de Babel. Por isso, faz tanto sucesso, causa tanto furor. O padre tem mais de 6 milhões de seguidores, só no feicibúqui. Os idiotas se reconhecem e se congregam. E, verdade seja dita sobre eles, são unidos, têm fortíssimo espírito corporativista.
E o padre Manzotti não vem para conciliar, para pregar a paz entre os homens de bem, vem para deflagar conflitos. Não carrega em suas mãos o evangelho do Filho, o do, ainda que falso e hipócrita, perdão, o da tolerência; empunha, sim, a espada flamejante do Pai, o sanguinário, genocida e hecatômbico do Velho Testamento. Não vem em procissão nem em novena, vem em fanática Cruzada. O alvo do ódio de Manzotti : os ateus.
Manzotti mira seu crucifixo giratório contra os ateus e sai atirando. Manzotti quer ver o Demônio – tomaria um café com rosquinhas com ele -, mas não quer ver um ateu. Sorte que a mira do padre, assim como a doutrina que segue, é míope e vesga, e, suas balas, de festim. Seus “argumentos”, risíveis, patéticos, de dar dó
Vamos a alguma pérolas do Padre Manzotti, colhidas pelo excelente site Paulopes. É de matar o Padre Vieira de inveja.
“O ateísmo é o culpado pela degeneração da política brasileira e pela perda de prestígio da Igreja Católica.”
Bom, como diria Jack, o Estripador, vamos por partes : o ateísmo culpado pela degeneração da política brasileira. Bom, sei de uma fortíssima bancada evangélica – cristãos iguais ao padre -, sei de inúmeros deputados que, quando frente às câmeras de TV, declaram seu voto, em fundamentais questões da nação, em nome de Deus e sei da bancada ruralista, aqueles sujeitos com chapéus de cowboy, com seus conceitos medievais de tradição, família e propriedade e seus cintos com fivelões gigantes com a imagem de Nossa Senhora Aparecida, o que me leva a crer que a bancada ruralista também seja uma espécie de bancada católica. Mas uma bancada ateia, ou ateísta? Nunca ouvi falar.
Fui pesquisar. Colher dados, não crenças. Uma pesquisa feita entre a última leva de parlamentares, entre a cambada que foi eleita no pleito de 2015, quando da posse de seus cargos, revelou o seguinte resultado : dos 421 deputados, de um total de 513, que responderam ao questionário proposto, 300 (71,2%) se declararam católicos. Outros 68 (16%) afirmaram ser evangélicos, oito (1,9%) disseram ser adeptos do espiritismo e apenas um deputado (0,23%) afirmou ser judeu. Outros 14 (3,3%) afirmaram ser cristãos, mas não especificaram se seguem alguma religião. Dois (0,47%) disseram seguir todas as religiões, enquanto 19 (4,51%) alegaram não pertencer a religião alguma. Dos 513 deputados, 101 não responderam sobre o tema.
Cadê os ateus aos quais se refere Padre Manzotti? Cadê a poderosa e possuída pelo demônio bancada ateísta? Aliás, a maioria da corja é católica, a mesma religião professada por Manzotti. Se a degenaração da política, como quer o padre Manzotti, está ligada à religiosidade, ou, no caso, à falta dela, ela não foi perpetrada pelos ateus; antes pelo contrário, a putaria é comandada por uma malta de homens tementes a Deus, homens com Deus no coração.
E sorte do padre que a política brasileira não seja orquestrada por ateus. Fosse, não haveria, logo de cara, já no enunciado do primeiro artigo da Constituição Federal, os seguintes dizeres : “Todo o poder emana de Deus, que o exerce de forma direta e também por meio do povo e de seus representantes eleitos, nos termos desta Constituição”. Não se veriam mais crucifixos expostos em repartições públicas. Não teria sido aprovado o ensino religioso confessional nas escolas públicas. E, principalmente, o padre Manzotti teria que pagar pesados impostos sobre a arrecadação de sua igreja, onerosos tributos sobre a lã tosquiada de suas ovelhas.
Os ateus responsáveis pela perda de prestígio da Igreja Católica? Padre Manzotti tá muito doido. Deve tá bebendo o sangue de Cristo com prazo de validade vencido. Tá misturando o vinho da missa com catuaba selvagem. Será que o desprestígio da Igreja Católica não teria mais relação, entre outros, com o fato da Igreja acobertar padres que manifestam carnalmente o seu cristão amor espiritual pelas criancinhas, padres abusadores e estupradores de meninos? Não são ateus que passam a vara na molecada dentro da sacristia, ou do confessionário. Não teria, a perda de prestígio da Igreja Católica, mais relação, só a citar outro e último exemplo, com a eleição de um Papa outrora integrante da Juventude Hitlerista, os efebos do Adolfinho?
Outra pérola do padre : “as faculdades são fábricas de ateus.”
De ateus? Dados o sucateamento – planejado – da educação brasileira, o assistencialismo barato das cotas e dos créditos educativos (dinheiro que deveria ser empregado na criação de novas faculdades públicas e não ser apenas mais um modo do dinheiro público chegar às mãos dos empresários privados da educação) e à facilitação quase que promíscua do acesso do despreparado às hostes universitárias, as universidades estão a se tornar verdadeiras fábricas de idiotas, uma produtiva e fordista linha de montagem de imbecis graduados. Mas de ateus?
Algumas universidades públicas, a USP, a exemplo, transgredindo a laicidade do Estado prevista na Constituição, cede espaços em suas dependências para reuniões de grupos de estudos bíblicos. Li uma reportagem, creio que datada de 2012, com dados de que, naquele ano, 78% dos alunos doutorandos em Biologia Evolutiva, na abertura de suas teses, agradeciam o sucesso de suas empreitas a Deus e, depois, aos pais. O cara se doutora em Biologia Evolutiva e agradece a Deus? Um dos dois livros sagrados, o sujeito não compreendeu direito, ou a Bíblia, ou A Evolução das Espécies, de Charles Darwin. Ou, muito provavelmente, os dois.
Eu passei mais tempo – muito mais tempo – dentro de universidades que a média do cidadão comum. Passei por duas faculdades antes de, finalmente, para alívio de meus pais (e de Deus?), me graduar na terceira. Foram quase 12 anos de vida acadêmica, durante os quais conheci, além de mim, se muito, mais uns três ou quatro ateus. Cadê a tal fábrica de ateus? Antes fossem.
Seguindo com o seu samba do padreco doido, assumindo ares de paranoia, ele diz que é por isso que existem tantos botecos em torno das PUCs, a formar, talvez, na cabeça do padre, uma espécie de cerco à católica universidade, a montar tocaia para desvirtuar os pios e crentes alunos. Botequins demolindo religiões, vocações e igrejas? Mais fácil o inverso, igrejas expulsando botecos, as igrejas de todos os bêbados. Como se deu com o injustiçado Araújo, dono do Bar do Araújo. Ora porra, existem botecos em cada esquina desse país. No bairro em que moro, a exemplo, há um boteco bem ao lado de um asilo, ops, de uma casa de repouso para idosos, que velho, agora, não é mais velho, é uma pessoa com um superávit de anos. O que pretendem os ateus donos de tal boteco, levar os velhinhos para o mau caminho, fazer com que dilapidem suas pensões e aposentadorias com pinga? Há outro perto de um pet shop. Embebedar, e fazer com que se amotinem contra seus donos, poodles, pinchers, pugs, shitzu e outros cachorrinhos de viados?
Trocaram a hóstia do padre Manzotti por comprimidos de ecstasy, ou de LSD. Só pode ser. Pãããããta que o pariu!
Só a título de curiosidade, o padre Manzotti deveria fazer um levantamento de quais são as percentagens de universitários e de frequentadores de boteco entre os seus mais de 6 milhões de seguidores. O resultado iria surpreender o padre.

Talvez você goste disso também:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
26 ⁄ 2 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>