O que é um plano de rigging?

Ganhe Bitcoins
Todos os Dias

Clique AQUI e Comece Agora!

Para realizar uma grande obra você deve se atentar a diversos detalhes que são cruciais para o sucesso do projeto e a segurança dos envolvidos. E é aí que entra o plano de rigging. Mas afinal, o que é um plano de rigging?

Em um canteiro de obra, muitas atividades são realizadas simultaneamente. Uma das mais arriscadas – porém essencial – é o transporte de cargas pesadas através de guindaste.

Para que isso seja realizado, existe um planejamento chamado rigging. Nesse artigo, vamos explicar detalhadamente o que é um plano de rigging, e como ele é fundamental dentro de uma obra.

Entenda o que é um plano de rigging, e como ele é aplicado nas obras

Todo profissional que é contratado para trabalhar dentro de um canteiro de obras precisa ter a devida qualificação para o que vai fazer.

Isso porque esse é um ambiente arriscado, e a melhor maneira de garantir que todos tenham a devida segurança é através de um trabalho adequado com profissionais preparados.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

E é justamente isso que o plano rigging oferece: segurança. Esse é um planejamento desenvolvido para que grandes peças sejam movimentadas dentro das obras através do uso de guindastes.

  • Esse planejamento segue uma série de normas e é muito detalhado. Mas o que conta e o que é o plano rigging?

O plano consiste em uma série de estudos que determinam quais são os acessórios necessários para içar, peso da carga, local onde será posicionado, etc. É um plano de toda a coreografia que o guindaste fará com a carga.

Assim são evitados acidentes e colisões, e todos são mantidos em segurança. A precisão é tanta, que até mesmo a velocidade do vento é medida, para garantir que a carga não será movimentada durante o transporte.

O plano rigging é obrigatório?

Depois de entender o que é o plano rigging, você pode ter dúvidas sobre a obrigatoriedade desse planejamento. Ele faz parte de uma grande regulamentação ditada pelo Ministério do Trabalho conhecida como NR12.

Essa Norma traz diversos métodos de segurança e eficiência que devem ser obrigatoriamente aplicados em ambientes de obra. E nessa norma, existe um item em especial (12.132) onde são ditadas obrigatoriedades que garantam a segurança dos trabalhadores.

Nesse item, contam informações a respeito do planejamento das operações  para serviços que envolvam risco de acidentes de trabalho em máquinas e equipamentos.

Portanto, o planejamento de operações que envolvam guindastes é obrigatório, sim, e a obra pode ser multada e/ou interditada se não seguir os padrões impostos por lei.

Para facilitar, empresas dividem o içamento em dois tipos. Conheça!

Como cada obra requer um tipo de diferente de içamento, foram criados dois patamares classificando a complexidade de cada situação: “Içamento Crítico” e  “Içamento Normal”.

Para cada uma das situações o planejamento é mais detalhado ou menos detalhado, de acordo com a dificuldade de içar e transportar as cargas. Essa complexidade é determinada pelas próprias empresas.

Para isso, é realizada uma profunda análise de risco, que busca identificar todas as questões. São analisados os pontos que podem colocar em risco a segurança dos trabalhadores, das pessoas ao redor etc.

Como o plano é determinado? Quem é responsável por isso?

Para que o plano de rigging seja realizado, uma equipe técnica deve fazer uma prévia vistoria no local. A partir dessa visita, é entendido qual é o espaço para movimentação, como é a recorrência de ventos, etc.

Os profissionais também verificam qual é o peso e o volume do que será carregado, e tudo isso vai contar na hora de montar o plano rigging.

Os profissionais então começam a criar o plano, definir quais são as condições do local, o solo etc. São feitos testes demonstrativos para definir qual é o melhor guindaste.

Depois disso, geralmente através de um software de desenhos, é montado um desenho do local onde o plano de rigging será aplicado. Esse desenho deve mostrar como a operação vai acontecer.

Depois disso, a equipe responsável faz uma revisão, e então emitem o ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) para iniciar a aplicação do plano de rigging. Somente profissionais qualificados podem realizar essas operações, tanto de criação do plano quanto execução do mesmo.

Talvez você goste disso também:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Enter Captcha Here : *

Reload Image

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>