DOBRE SEU CAPITAL EM 90 DIAS


Languages: Spanish - English - Polska - Português

MAIS INFORMAÇÕES EM: oTudo.com/golite

Nossas gírias, nossos pensamentos !

Dobre seus Litecoins
em 90 Dias

Clique AQUI e Comece Agora!

Ah, as gírias ! Quantas vezes passam desapercebidas em meio à uma multidão de palavras, ou simplesmente é relegada ao descaso. Tratada como vocábulo ou frase ” marginal “, que ocorre ao acaso no meio da ” sociedade organizada ” da Língua Portuguesa ( ou de outra ), poucos param afim de pensar a sua função social. Isto mesmo, função social.
Quando o jovem fala ” Deus no céu e nóis na fita “, inconscientemente está evocando valores religiosos, afirmando que existe um Deus, um Ser Superior. Ao dizer que algo é ” do bem ” ou ” do mal ” também traz à baila a eterna oposição entre esses dois elementos abstratos e antagônicos. A gíria dá sentidos novos a palavras ou expressões antigas, cria outras, faz alusões a circunstâncias políitas e sociais do momento. Elas também nascem, envelhecem, abrem espaço para sucessoras.
Hoje, falar ” jóia ” não é mais tão ” jóia “. Dizer ” careta ” ficou ” meio careta “. Tais gírias já tiveram sua vida útil. Mas legaram o simbolismo. Atualmente, o ” mano ” não deixa de ser uma referência ao trato de seres humanos como irmãos ( às vezes, até na versão inglesa, o ” brother ” ). É bom que venham as gírias saudáveis. Que tenham o seu espaço ( é claro que nem todos os espaços elas podem estar presentes, por mais saudáveis que possam ser ). Quem não lembra de Monteiro Lobato? Ele já tecia elogios às palavras novas, aos neologismos, afirmava que o povo é o senhor da língua. Seu livro ” Emília no País da Gramática ” nos faz pensar sobre tudo isto. É um autor imortal, lega seu conhecimento a muitas gerações. E muitas expressões informais, muitas gírias, podem se tornar imortais. É o dinamismo de um idioma vivo.

Talvez você goste disso também:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Enter Captcha Here : *

Reload Image

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>