Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


LIVRARIAS TRADICIONAIS ESTÃO FECHANDO AS PORTAS

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

Por Cimberley Cáspio

 

É triste testemunhar o início do fim das livrarias tradicionais,devido a transformação de uma geração instruída a fazer da  tecnologia o oxigênio principal de suas vidas.E agora o e-book substitui os livros tradicionais passando a ser o agente de leitura dessa geração,atraindo professores,estudantes e outros profissionais das mais diversas áreas.

É compreensível entender toda essa revolução,sei o quanto a internet se tornou uma necessidade,mas um dia no passado,achavam que se podia descartar as ferrovias e se sustentar somente através da rodovias,o que hoje,viram o grande erro que cometeram e as ferrovias voltam a ter a sua importância. Assim também penso nos livros de papel,além de não atrair nenhum interesse para saques,ou assaltos,diferente de aparelhos eletrônicos,que tem o seu valor de repasse após um assalto ou coisa parecida,os livros de papel tem todo o seu valor exatamente no seu conteúdo,que  assaltante comum  vai querer roubar um livro? O valor de um livro de papel para um receptador é zero.

É bem verdade que a tecnologia tem alcançado uma interação global de sucesso em todos os níveis,mas também é bem verdade que a tecnologia tem se tornado um fracasso para a aparição de líderes de verdade…e infelizmente tem também colaborado para o desastre de inúmeras famílias pelo mundo.Sou contra a tecnologia?Jamais!Porém é sábio descartar as ferrovias do saber?Os livros que fizeram tantos líderes,poetas e escritores? Tudo bem que essa geração  está sendo instruída a descartar os livros de papel,talvez porque o mercado global esteja incentivando cada vez mais,o consumo dos aparelhos eletrônicos,mas acredito que seguir essa onda em detrimento dos livros de papel,seja um grandíssimo erro.E que mais tarde,poderá  ser tarde demais e não haver chance de reversão.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Recentemente fiquei arrasado,ao ver o jornalismo da Bandeirantes,flagrar 400 kilos de livros do MEC jogados literalmente no lixo.Livros até de 2012 ainda dentro de plásticos,descartados por uma escola publica estadual de São Paulo.E isso não está acontecendo só em São Paulo não,fico me perguntado:o que é isso?É uma forma de pressionar os estudantes a adotar os e-books? É uma forma de criar situação para saída dos livros privados em detrimento dos livros gratuitos? Quanto as indagações do repórter da Band,a diretora do colégio respondeu com desdém e desprezo a todo aquele tesouro que ela mesma,autorizou o descarte criminoso.

Como as livrarias tradicionais e editoras sérias,podem resistir a isso?Se a escola joga livros atuais no lixo,o que pode se esperar desta geração?Que tipo de líder,poeta,escritor e até canções,podemos esperar? É…até a Bandeira Nacional está sob ameaça  de ser substituída pela bandeira da FIFA…

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Sobre: cimberleycaspio

carioca,55 anos,jornalista,publicitário e professor de teologia natural e de bem com a vida.

2 Comentários para: “LIVRARIAS TRADICIONAIS ESTÃO FECHANDO AS PORTAS

  1. Quem pode deter o futuro?

    Caminhamos para um mundo informatizado, mecanizado, automatizado, onde muitas coisas serão substituídas por coisas novas, mais eficientes e muito melhores.

    Tenho centenas de livros guardados. Não tenho coragem de jogar fora. Já lí a maioria deles.

    Os tempos hoje são outros, e os livros estão sendo substituidos por modelos digitais, mais fáceis de serem transportados, com um menor custo e mais fáceis de serem publicados.

    O tempo passa e temos que nos adequar a um mundo cada dia mais moderno.

    Grande abraço.

  2. Embora sejam exemplares raros,ainda existem livros de centenas de anos atrás,que representam a época em que foram escritos, seja na encadernação, nas xilogravuras,forma de escrita e o tipo do papel que era usado…talvez não seja tão prático quanto os tais e-books, mas tem um simbolismo e um valor cultural muito maior.
    Particularmente, prefiro os livros tradicionais, mas espero que o que for publicado de bom na forma de e-book também tenha esse poder de resistir aos séculos, de guardar em si a história de uma época.De sobreviver à pirataria… e que daqui a 500 anos alguém possa estudá-los e dizer que tipo de internet era usado na pré-história dos e-books.
    Parabéns pelo texto,muito interessante.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>