Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Historia da hipnose parte 1

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

Irei compartilhar nesta serie de artigos um pouco sobre a historia da hipnose, visto que ainda existe muito mito a respeito do tema. Já fiz curso de hipnose pratica, hipnose e regressão e máster em hipnose cientifica. Esta poderosa ferramenta hoje é reconhecida e usada pela medicina, odontologia e psicologia (CFO Resolução185/93, CFP Resolução 013/00, CFM Parecer nº 42/99).

A historia da hipnose e da pratica do hipnotismo são mais antigos que a historia da medicina, e mesmo que o termo hipnose seja recente, sua historia andou lado a lado com a historia da humanidade, suas raízes antecedem a qualquer relato escrito da historia humana.

O uso e aplicação do hipnotismo arremetem-nos ao antigo Egito  por volta de 1.500 a.c, onde se pode observar nos papiros de Ebers que os sacerdotes usavam certa forma de indução hipnótica para conseguir a cura de algumas moléstias, afirmando terem poderes sobrenaturais colocavam as mãos nas cabeças dos pacientes recitavam orações com sugestões terapêuticas que resultavam em cura.

Mesmo antes destes relatos escritos o hipnotismo já era usado principalmente em rituais religiosos. As induções hipnóticas — nome atribuído ao ato de induzir um sujeito ou grupo de sujeitos ao estado hipnótico — eram realizadas através de cantos, danças, batidas rítmicas de tambores, uso de objetos sagrados e até mesmo chás com propriedades hipnóticas.

Os sacerdotes exerciam um forte poder de influencia devido às crenças e culturas dos povos. Existe uma historia que um sacerdote para punir um membro de sua tribo o submetia a tocar em seu cajado que era feito de ossos cuja extremidade era um crânio humano.  Todos da tribo eram condicionados dês de a infância a desenvolver uma crença a respeito dos deuses e espíritos, bem como no poder do sacerdote e seu cajado que ao tocar uma pessoa à mesma estará condenada a morte. As pessoas que eram tocadas pelo cajado adoeciam e morriam.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Os estudos e desenvolvimento da hipnose e do hipnotismo tiveram um declínio graças ao cristianismo, a pratica de curas de uma forma que não fosse compreensível para maioria das pessoas poderia significar bruxaria aos olhos da igreja. A pratica de bruxaria era o mesmo que decreto de pena de morte por heresia, por isso não deixa de ser interessante o fato de que a hipnose ressurgiu grassa a um membro do clero.

Este membro do clero era o padre Gassner. Johann Joseph Gassner (1727 – 1779), um padre católico da Europa, fazia os pacientes doentes crer que as suas enfermidades existiam porque os mesmos estavam possuídos por demônios e assim que os demônios fossem expelidos o paciente recobraria a saúde, Gassner não fazia segredo de seus métodos, freqüentemente permitia que médicos pudessem assisti-lo enquanto ele tratava de algum paciente.

O padre Gassner era um tanto quanto teatral, os médicos convidados por ele ficavam em uma sala parecida com um teatro, onde o paciente ficava no centro. Padre Gassner entrava portando um grande crucifixo de ouro cravejado de diamantes, os pacientes eram avisados que ao ser tocado pelo crucifixo do padre Gassner iriam cair possessos pelo demônio, e assim que o demônio fosse expulso o paciente estaria totalmente curado.

Veja os outros artigos da serie “A historia da hipnose”.

Historia da hipnose parte 1.  O inicio

Historia da hipnose parte 2.  Do Mesmerismo à sugestão.

Historia da hipnose parte 3.  A hipnose no meio cientifico.

Historia da hipnose parte 4.  Salpêtrière e Nancy.

Historia da hipnose parte 5.  Hipnose no tratamento de doenças psicossomáticas.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Sobre: Célio Augusto

Curso analise e desenvolvimento de sistema. Trabalho com programação em PHP. Já me interessei por psicoterapia e estudei hipnoterapia e PNL. Gosto de escrever sobre tecnologia, auto-ajuda, saúde, bem estar e desenvolvimento pessoal.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>