Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Evolução e a Saúde Natural

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

 

Com o desenvolvimento desenfreado da população, a humanidade passou a ter uma vida completamente errada, desiquilibrada e fora de foco, desde os pensamentos , sentimentos  até os seus atos, nada mais condis com a verdade, com que realmente deveria ser.

Deixamos de lado o nosso Eu natural, o nosso sublime sentimento em relação a tudo o que era natural ,para vivermos condicionados e muitas vezes acorrentados as “coisas matérias”, esquecemos de quem erámos verdadeiramente, e passamos a ser sombra de nossa Imagem Verdadeira.

 

 

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

 

 

A doença agora faz parte constante de nossas vida, a alegria sumiu deixando espaço para a infelicidade ficar em seu lugar.

Analisem quantas pessoas nos tempos de nossos avós sofriam de depressão? E nos tempos de hoje , quantas pessoas sofrem desse mesmo mal? O que será que aconteceu ?

As pessoas passaram a viver uma vida forçada, mecânica …

E com isso as doenças são as primeiras a aparecer. Nosso corpo começa a reagir, a “responder “ a todos os
estímulos de sofrimento, desgosto e tristeza que nós expressamos através de nossos atos , ações, pensamentos e sentimentos.

O nosso corpo fala com cada um de nós através das doenças. Ao contrário do que muitas pessoas dizem as doenças não são ruins, na verdade elas são um “ recado” do nosso corpo, dizendo-nos: “ Alerta, tem algo errado, preste atenção para corrigir.”

Esse é o verdadeiro papel da doença.

Devemos mudar todos os pontos em desiquilíbrio em nós, como: vícios, medos, culpas, mágoas, maus hábitos e costumes, para assim sanarmos de uma vez todas as doenças.

A evolução humana se perdeu , e se a hora de cada um de nós começarmos a analisar o que é melhor pra nós e para nossa família.

 

 

 

A involução:

 

 

1. Maus hábitos para com o seu corpo:

 

 

Hoje em dia as redes de fastfood fazem parte da refeição diária de muitas pessoas, sendo adultos ou criança. Tudo porque, pela falta de tempo, eu preciso correr, eu preciso que o meu dia tenha 26 hrs, por que 24 é pouco…..

O Sagrado e extremamente necessário “Descanso”, cada vez mais passa longe da idéia da humanidade. Muitas pessoas almejam férias ou aposentadoria, mais para que desejam esse tempo livre? Para ficarem completamente ociosos, sem fazer nada de produtivo, literalmente na “inércia”, isso não faz bem nem ao corpo e nem a alma, muito menos a mente.

Os hábitos saudáveis e lazer são deixados de lado. Com a correria, a saúde energética fica em segundo plano.

 

2.  Pensamentos  e sentimentos negativos:

 

 

Pensar gasta energia, e todos nós sabemos disso. Ficar remoendo um problema cansa mais do que um dia inteiro de trabalho físico. Quem não tem domínio sobre seus pensamentos – mal comum ao homem ocidental, torna-se escravo da mente e acaba gastando a energia que poderia ser convertida em atitudes concretas, além de alimentar ainda mais os conflitos. Não basta estar atento ao volume de pensamentos, é preciso prestar atenção à qualidade deles. Por exemplo: Choques emocionais e raiva intensa também esgotam as energias, assim como ressentimentos e mágoas nutridos durante anos seguidos. Não é à toa que muitas pessoas ficam estagnadas e não são prósperas. Isso acontece quando a energia que alimenta o prazer, o sucesso e a felicidade é gasta na manutenção de sentimentos negativos. Os medos e culpas excessivas também fazem com que você gaste muita de sua energia e a ansiedade descompassa completamente a sua vida.

Perdoar significa soltar ressentimentos, mágoas e culpas. Libertar o que aconteceu e olhar para frente. Quanto mais perdoamos, menos bagagem interior carregamos, gastando menos energia ao alimentar as feridas do passado. Mais do que uma regra religiosa, o perdão é uma atitude inteligente daquele que busca viver bem e quer seus caminhos livres, abertos para a felicidade. Quem não sabe perdoar os outros e a si mesmo, fica “energeticamente obeso”, por engolir coisas desnecessárias,  carregando fardos pesados do passados.
Já os pensamentos e sentimentos positivos, como: a amizade, o amor, a confiança, o desprendimento, a solidariedade, a autoestima, a alegria e o bom-humor recarregam as nossas energias e nos dão força para empreendermos os nossos projetos e superarmos a todos os obstáculos que possam aparecer .

Pensamentos positivos, éticos e elevados podem recarregar as energias, enquanto o pessimismo consome energia e atrai mais negatividade para nossas vidas.
3. Pessoa que vive presa ao passado:

 

 

As energias são colocadas onde a sua atenção  esta focada. O homem tem a tendência de achar que no passado as coisas eram mais fáceis: “bons tempos aqueles!”, costumam dizer. Tanto os saudosistas, que se apegam às lembranças do passado, quanto aqueles que não conseguem esquecer os traumas, colocam suas energias no passado. Esquecendo-se que a vida segue em frente vivem como se estivessem presos a um tempo que não volta mais, como se ela estivesse vivendo em seu próprio mundo, de  recordações. E se você diz a elas que isso já passou e não volta mais, acabou, algumas ficam bravas, outras respondem: “ não eu sei mais é que ….” e assim sucessivamente. Isso faz da pessoa escrava dessas emoções, que dia a dia drenam as suas energias e sua vida sem que ela perceba.

Por outro lado, os sonhadores ou as pessoas que vivem esperando pelo futuro, depositando nele sua felicidade e realização, deixam pouca ou nenhuma energia no presente. E é apenas no presente que podemos construir nossas vidas.

 

 

 

4. Mentiras pessoais :

 

 

Todos mentem ao longo da vida, mas para sustentar as mentiras muita energia é gasta. Somos educados para desempenhar papéis e não para sermos nós mesmos: a mocinha boazinha, o machão, a vítima, a mãe extremosa, o corajoso, o pai enérgico, o mártir e o intelectual. Quando somos nós mesmos, a vida flui e tudo acontece com pouquíssimo esforço.

 

 

 

5. Viver a vida do outro:

 

 

Ninguém vive só e, por meio dos relacionamentos interpessoais, evoluímos e nos realizamos, mas é preciso ter noção de limites e saber amadurecer também nossa individualidade. Esse equilíbrio nos resguarda energeticamente e nos recarrega. Quem cuida da vida do outro, sofrendo seus problemas e interferindo mais do que é recomendável, acaba não tendo energia para construir sua própria vida. O único prêmio, nesse caso, é a frustração.

 

6. Bagunça e projetos inacabados :

 

O que é a bagunça?

A bagunça é um acúmulo de coisas que impede que a energia circule na sua casa. A bagunça ás vezes está ligada á sua identidade. Ela pode fazer uma declaração sobre quem você é e pode representar aspectos da sua vida.

Exemplos de bagunça:

 

Qualquer : objeto de que você não goste ou não use.

 

Projetos fisicos ou sonhos e promessas:

semi-acabados ou que nunca chegaram a começar ou a realizar.

 

Qualquer coisa que esteja quebrada há muito tempo ou com partes faltando, como por exemplo : quadros , imagens em geral, eletrodométicos,  entre outros.

 

Presentes indesejados que você guarda “para o caso de a pessoa ir visitá-lo”.

 

Coisas que “podem vir a ser úteis um dia”, mas que no fundo você sabe que nunca serão.

Cartas pessoais e velhos cartões de Natal de pessoas de quem você não se lembra mais.

 

Vasos vazios de plantas que morreram ou foram transplantadas.

Coleções de receitas de pratos que você nunca vai preparar.

 

Pilhas de cupons e vales que expiraram .

Maquilagem parcialmente usada que você guarda só para caso ter uma ocasião para utiliza-la.

 

Pilhas de revistas e jornais que você nunca vai ler ou velhos.

 

Vidros de remédios e cremes cuja data já expirou.

 

Roupas e sapatos:

Roupas que não te servem mais, velhas, rasgasdas ,esquisitas ou que você não gosta.

Sapatos gastos, antigos, que você já não usa a muito tempo.

 

Uma frase bastante útil a ser usada quando você quiser decidir e alguma coisa é ou não dispensável é a seguinte:

“Use-a, ame-a ou livre-se dela!”

 

 

Como os objetos estão revestidos de simbolismo, eliminar coisas da sua casa exerce um efeito direto sobre a sua psique. Você está modificando a energia do seu ambiente, o que por sua vez exerce um efeito na sua vida.

A bagunça afeta muito as pessoas, causando confusão mental e emocional. Uma tática boa: quando a vida anda confusa comece a arrumar a sua casa, os armários, as gavetas, a bolsa e os documentos, além de fazer uma faxina no que está sujo.

Na medida em que ordenamos e limpamos os objetos, também colocamos em ordem nossa mente e coração. Pode não resolver o problema, mas dá alívio.

Não terminar as tarefas é outro “escape” de energia. Todas as vezes que você vê, por exemplo, aquele trabalho que não concluiu, ele lhe “diz” inconscientemente:

“Você não me terminou! Você não me terminou!”

Isso gasta uma energia tremenda, ou você, termina ou livre-se dele e assuma que não vai concluir o trabalho. O importante é tomar uma atitude.

O desenvolvimento do autoconhecimento, da disciplina e da determinação fará com que você não invista em projetos que não serão concluídos e que apenas consumirão seu tempo e a sua energia.

 

7. Afastamento da natureza :

 

A natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmoniosas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorecem o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias vitais.
Novamente – posicionar os móveis de maneira correta, usar espelhos para proteger a entrada da casa, colocar sinos de vento para elevar a energia ou ter fontes d’água para acalmar o ambiente são medidas que se tornarão ineficientes se quem vive neste espaço não cuidar da própria energia. Portanto, os efeitos positivos da aplicação do Feng Shui nos ambientes estão diretamente relacionados à contenção da perda de energia das pessoas que moram ou trabalham no local. O ambiente faz a pessoa, e vice-versa.

 

Hoje em dia , os cientistas veem provando cada vez mais que ao retirarmos um componente químico de seu meio natural, ou seja, se retirarmos uma planta da natureza, seus princípios ativos apresentam uma total diferença daquela mostrada enquanto ela estava no seu abita natural.

Uma planta medicinal possui milhares de componentes químicos que atuam em conjunto com o seu princípio mais ativo . O que nada mais é do que a própria Planta.

Quando retiramos um de seus componentes químicos que contêm seu princípio ativo, não significa que essa substância trabalhará por si só de igual forma, visto que foi separada de seu meio.

 

Pensem da seguinte forma , imagine se cortarmos o corpo humano em diversas partes e separássemos os braços, as mãos, a cabeça…

 

Agora, você deseja ativar o princípio ativo “caminhar”. As pernas andariam por si mesmas? Não, porque foram separadas do todo. Poderiam ser implantadas em outro indivíduo, por exemplo, mas não seria o mesmo “caminhar”.

 

Esse exemplo pode ser estranho , mais é o mais perto possível, da energia de um todo. Com a natureza não é diferente e é assim que vejo a natureza e os remédios alopáticos.

 

O ser humano deixou de lado a medicina natural, tão utilizada por nossos antepassados e ancestrais, para se apoderar da medicina laboratorial. Entendo que a natureza e o ser humano compõem um conjunto com todo o planeta e o universo. Quando nos separamos desse conjunto, causamos desequilíbrio geral.

 

Quando falo que nos separamos, é devido ao valor , a importância que a natureza deixou de ter em nossas vidas, como por exemplo: as agressões à natureza, as devastações, ao distanciamento do cosmo, por nos considerarmos o centro das atenções e soberanos em relação ao universo. Nossas cognições, nossa noção do “eu” (ego) e nossos tradicionais paradigmas não nos deixam enxergar, e então mudar. Através de uma evolução desenfreada encontramos a total inversão do caminho.

 

Às vezes achamos que um tratamento natural leva muito mais tempo para nos curar do que uma medicação alopática. Sim, mas é claro! Então, voltamos a questão do equilíbrio. A maioria dos indivíduos de nossa época está com o organismo (não só o corpo biológico, mas emocional e espiritual) desequilibrado. Nota-se claramente em uma simples queda de cabelo quando o penteamos, em um rosto gorduroso pelo excesso de poluição, ou um simples pontinho branco na unha por falta de vitaminas. Situações simples como as de não ir ao médico por causa delas. Mas não é saúde de qualquer forma!!

 

Quando utilizamos fontes naturais para tratamento, elas irão restaurar o equilíbrio perdido no organismo, e as transformações ocorrerão lentamente. Mais ocorrem lentamente , devido a grande sabedoria da natureza, pois, se nós fossemos reequilibrados em todos os pontos tal vez “ enlouqueceríamos”. Imaginem, que vocês decidiram fazer um curso de 02 anos , mais recebem a notícia que podem absorver todo o conteúdo desse curso em apenas 02 horas…. A carga de conhecimento projetada a vocês será enorme e muitos não absorverão tudo.

 

Com os tratamentos naturais é a mesma coisa, tudo tem um tempo correto de aprendizagem e de amadurecimento , por isso os tratamentos naturais são mais demorado. A cura não está só na doença e sim na causa , e é isso o que todos os tratamentos naturais visam curar.

 

Essas são suas primeiras e principais funções: restabelecer o equilíbrio perdido.

 

Assim, torna-se urgente em nossos dias, buscarmos esse equilíbrio perdido há tanto tempo, renunciarmos ao isolamento das partes, para voltarmos a ser o “todo”, não reducionistas, mas complexos!!

 

Devemos voltar a olhar a natureza como nossos ancestrais com respeito e amor , aprender a olhar para nós mesmos , descobrindo o que está nos prejudicando, o que realmente está nos afastando do caminho da felicidade, e ai sim poderemos recorrer a natureza , pois, sua riqueza está ai para todos que dela se fizerem necessário.

 

Muita Luz e Paz

Flávia Vicente

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Sobre: Flávia Vicente

Sou Terapeuta Holística e busco através da arte de curar a alma e o corpo mudar a frequencia vibratória de todos os seres, para assim expandirmos rumo a uma nova consciência.

2 Comentários para: “Evolução e a Saúde Natural

    • Obrigada Samuel, pelo seu comentário. Eu acredito nisso de coração e espero que um dia todos possam pensar assim também. Namastê e muita Luz e Paz .

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
6 − 1 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>