Em faces, em cores…

Trade de Bitcoin?

Simples! Comece Agora!

Acesse SimpleFX

Em faces, em cores…

Em faces, em cores…

Fazer as pazes, fazer amores.

Tu que não dizes verbos lindos, tu que não fala de desejos.

Eu que digo orgias, eu que não aceito seus beijos.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Na traição, digo que é dos poderes que falo,

Dos traficantes que amo, dos bandidos que dou fé.

Eu sou do afã, sou do elã eterno.

Fico a esmo, passeando pelo nada encontrando o tudo.

Deito sobre um véu de pecado, acordo  absolvido em lugares imundos.

Sou do afã, mas não sou meu fã.

Digo a verdade, um homem a quem amo não está nesse mundo.

Talvez não surgiu.

As pessoas não o conhecem, não o definem.

Eu costumo chamar de: EU.

Talvez você goste disso também:

Sobre: RICARDO SENEE

RICARDO SENEE, natural de Januária-MG. Jovem dedicado às leituras. Gosta de escrever, tocar, compor belos poemas. Suas inerências: filósofo, teólogo, músico, poeta, escritor nato, comunicativo, ator. O jovem tem uma destreza perfulgente que cativa qualquer um.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
30 + 22 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>