Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Do sedentarismo para a vida ativa

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

Apesar de todas as recomendações médicas sobre a importância de se praticar uma atividade física, por mais leve que seja, uma grande parte da população ainda insiste em continuar a levar uma vida sedentária. E se não é por falta de avisos, também não é por falta de exemplos! Todos nós conhecemos pessoas na família ou no círculo de amizades que mudou seus hábitos e viu a vida melhorar em poucas semanas, mas nem isso convence alguns desses sedentários.

O resultado é óbvio: ganho de peso, perda de disposição para realizar qualquer tipo de atividade e o surgimento de reflexos na saúde como níveis de colesterol e triglicérides alterados, pressão arterial elevada e pouca resistência muscular para atividades corriqueiras – além do pouco fôlego. O ganho de peso começa a exigir muito da coluna, e aí começam as dores; é nesse momento que o sedentário procura um médico, que costuma ser taxativo: “vá se exercitar”. Mas dá pra começar assim, de cara?

Acertando detalhes antes

Em geral, uma pessoa com vida sedentária não é aconselhada a iniciar qualquer atividade, nem mesmo uma simples caminhada, antes de fazer um checkup geral. Alguns problemas resultantes desse modo de vida podem exigir um preparo ante que ela inicie a prática esportiva, e um desses problemas é a falta de alongamento. Como o sedentário não se exercita, os músculos ficam com sua capacidade elástica comprometida, e a contrátil também. Para resolver isso, costuma-se recomendar pelo menos um mês de pilates para alongar a musculatura de maneira global e “refrescar” as articulações, que até então eram usadas apenas o estritamente necessário.

Por vezes, os níveis de colesterol e de pressão arterial estão tão alterados que é preciso intervir com medicação para restabelecer os padrões ideais e evitar riscos durante os exercícios que o indivíduo pretende praticar. Afinal, nestas condições, uma simples caminhada pode disparar problemas muito sérios – inclusive causando óbito em algumas pessoas, geralmente relacionados a picos de pressão arterial ou deslocamento de trombos devido ao esforço repentino. Por isso, o checkup é tão importante antes de iniciar qualquer atividade.

Agora sim!

Com o aval dos médicos, é hora de começar as atividades, mas ainda há alguns detalhes a providenciar. Suponhamos que o indivíduo começará pela caminhada (que aliás, costuma ser a atividade “de entrada”! recomendada pelos médicos). É necessário se vestir adequadamente para evitar novos problemas! Roupas leves e que não dificultem a respiração da pele são muito importantes, pois não impedem que o corpo se refrigere ao longo da atividade. Algumas camisas são feitas de material especial que absorve o suor e o evapora mais rapidamente do que uma simples camisa de algodão; se puder, dê preferência a elas.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Outro detalhe importante é o calçado a ser utilizado. Não é qualquer tênis que se pode usar para uma caminhada, sabia? Especialmente quando há sobrepeso e/ou problemas articulares envolvidos, o ideal é utilizar um tênis com sistema de amortecimento, evitando aqueles com solado inteiro de espuma. Esse amortecedor alivia as passadas e sobrecarrega menos os joelhos e os quadris, e inclusive atenua aquela sensação de impacto nas vértebras a cada passo, tão comuns a quem ficou muito tempo parado. Com uma caminhada mais confortável, a chance de abandonar a prática é menor, os resultados aparecem mais rapidamente e o indivíduo ganha ânimo para continuar.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>