Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Deputado Rogério Correia pode ser investigado por improbidade administrativa

Precisando de Dinheiro?

Ganhe até $80 por Dia
Sem Indicar Nem Vender
Forneça seus Dados para Começar

Ação pretende esclarecer o que é feito com o auxílio-moradia recebido pelo parlamentar, que já tem um imóvel em seu nome

O deputado estadual Rogério Correia (PT) poderá ser investigado por improbidade administrativa. Segundo denúncia, ele estaria usando o auxílio moradia pago pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais de forma irregular.
De acordo com a representação protocolada nesta segunda-feira (15) junto à Promotoria Especializada na Defesa do Patrimônio Público da Comarca de Belo Horizonte, de autoria do analista em redes sociais João Paulo Medrado, o deputado deverá ser investigado por causa de declarações dadas por ele em que reconhecia ter recebido de forma irregular e repassado a outras pessoas os recursos referentes ao auxílio moradia. Mesmo com imóvel em seu nome, o deputado continua recebendo o auxílio.

O objetivo da ação é esclarecer se esses recursos foram realmente repassados a terceiros ou se foram utilizados para financiar, indiretamente, atividades de cunho político-partidário. De acordo com a Constituição Federal, a legislação proíbe que recursos públicos sejam usados para financiar esse tipo de atividade.

A assessoria do deputado informou que ainda não teve conhecimento sobre a representação.

Outras denúncias

Esta é a segunda representação que pede a apuração de possível prática de crime de improbidade administrativa por parte do deputado Rogério Correia. A primeira, feita no final de 2011 e que está parada há um ano e meio no Ministério Público de Minas Gerais, pede a apuração da denúncia de que o parlamentar teria utilizado servidor público da Assembleia durante o horário de expediente para atuar na defesa de Nilton Antônio Monteiro, preso e indiciado por falsificação de documentos e suspeito de aplicar golpes contra empresários e espólios no valor de R$ 1,3 bilhão.

Além disso, a representação pede ainda a investigação sobre o uso de equipamentos da Assembleia na operação que objetivava levantar os modelos de assinaturas de diversas pessoas e que depois teriam sido localizadas nos papéis que ficaram conhecidos como a Lista de Furnas.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Resposta

O deputado Rogério Correia informou que o autor da representação contra ele, João Paulo Medrado, é um funcionário do vereador e atual presidente da Câmara dos Vereadores, Léo Burguês (PSDB). O deputado ainda disse que essa provocação não é de hoje, e que está processando o denunciante por calúnia, difamação e também por ameaça de morte, via redes sociais. Correia também disse que a perseguição data desde a denúncia que fez, em 2005, do caixa dois do PSDB.

Sobre o auxílio-moradia, o deputado informou que todos os deputados recebem o benefício, e se alguém tiver que ser investigado, todos também devem ser. “Ele devia se preocupar mais com as coxinhas do Burguês”, finalizou o parlamentar.

 

Fonte: http://www.otempo.com.br/capa/deputado-rog%C3%A9rio-correia-pode-ser-investigado-por-improbidade-administrativa-1.681078

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
13 ⁄ 1 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>