Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


CORPORAÇÕES FINANCEIRAS: MANDA QUEM PODE,OBEDECE QUEM TEM JUÍZO.

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

Por Cimberley Cáspio

 

Como quase todas as ações negativas dos Bancos contra seus clientes são qualificadas como ações de pequenas causas,os Bancos se sentem livres para praticarem toda sorte de crimes e irregularidades,com a segurança total da impunidade.Afinal,assim como os procons não tem autoridade para processá-los judicialmente,também as defensorias públicas se negam a tomarem o partido dos clientes e defende-los contra essas instituições,forçando com que somente clientes mais favorecidos na questão orçamentária e conhecimentos,lancem mãos de advogados para defende-los,pois ao restante da maioria da clientela , a qual,não pode pagar advogado…ou fiquem mesmo no prejuízo,ou aceitem o tal do acordo unilateral.E se o cliente reclamar,pode até sair do tribunal,preso por desacato.

É muito difícil para o povo lidar com essa situação,pois afinal,a aproximação do judiciário com os representantes dessas instituições financeiras,é muito próxima…e as vezes,até íntima demais,o que dificulta a condução do processo de forma justa a favor do cliente prejudicado pelo Banco e administradoras de cartões de crédito.Resultando assim,em um acordo onde o judiciário fique bem com o Banco e vice-versa…e o cliente recebe ali uma mixaria… e que se contente com isso.Finaliza ali.

E assim,as irregularidades e os crimes financeiros  dos Bancos e administradoras de cartões de crédito,contra os clientes,vão se desenrolando como coisa normal e sempre qualificado como de pequenas causas,acoando a grande maioria da clientela contra a parede,tendo que aceitar o que vier…e bico calado…e que se dê por satisfeito,pois a defensoria pública não entra nisso,deixando o cliente brigar sozinho contra poderosas corporações,é a briga da formiga contra o elefante.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

O que faz com que a imprensa tradicional só fale na questão de alertar os clientes contra essas práticas dos Bancos e administradoras de cartões de crédito,sem ir além disso,pois nem justiça a favor para defender os mais pobres,existe de verdade.

Por outro lado,o governo além de ser também dono de Bancos,também dá posse a magistrados,como transpassar uma muralha desse porte? A lei não permite que transportemos valores acima de 10 mil reais,quer dizer,se vendi uma propriedade e recebi 40 mil reais,não posso transportar tal valor pessoalmente até a minha casa,se for pego em uma blitz…pronto…tal valor,com certeza ficará no meio do caminho,o que faz com que me obrigue a depositá-lo em um Banco,sem nenhuma opção.Se cartel é crime,por que somos obrigados a por pequenos recursos no Banco? Estou falando de poucos recursos,como valores de venda de pequenos imóveis,carros,motos…enfim,são valores que podem ficar guardados com a própria pessoa,sem precisar ter que depositar em Banco…deixando que a vontade popular decida o que fazer com o dinheiro dela,se quer deixar no Banco,ou ficar com o recurso em casa…isso é democrático,o contrário,é ditadura e opressão.A não ser que certas ditaduras sejam permitidas oficialmente dentro de uma democracia e outras não…

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Sobre: cimberleycaspio

carioca,55 anos,jornalista,publicitário e professor de teologia natural e de bem com a vida.

Um Comentário para: “CORPORAÇÕES FINANCEIRAS: MANDA QUEM PODE,OBEDECE QUEM TEM JUÍZO.

  1. Está evidente a injustiça, mas a unica maneira de sairmos disso é uma educação integral, não focada em profissionalizar, mas sim em formar seres humanos, a maneira clássica.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
18 − 6 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>