Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Como ter o melhor peixe na sua mesa?

Precisando de Dinheiro?

Ganhe até $80 por Dia
Sem Indicar Nem Vender
Forneça seus Dados para Começar

Muita gente procura ter o melhor peixe na sua mesa. Um peixe de qualidade permite-nos ter a garantia que está em boas condições para ser consumido, a preservação das características nutricionais do mesmo, a textura ideal para o prato que se pretende e um sabor que irá fazer as delícias de quem o provar.

Mas, sabendo o que um bom peixe precisa de ter, como é que o podemos ter na nossa mesa? Quais são os critérios importantes? Aqui seguem alguns conselhos:

 

Peixe Fresco vs. Peixe congelado

 

O peixe fresco, para quem habita em regiões costeiras, pode ser uma boa opção. Para garantir que o peixe é mesmo fresco, no entanto, é necessário mantê-lo a temperaturas baixas, uma vez que em locais com bastante calor pode estragar-se com facilidade – uns peixes mais do que outros. O período desde a pesca até ao consumo deve ser o mais curto possível – mesmo quando preservado na geladeira. A frescura pode ser vista, também, no aspeto geral do peixe. Se parecer muito seco e as guelras tiverem uma coloração que não seja vermelha viva provavelmente já não é fresco.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

O peixe congelado é, também, uma excelente opção. Para além de permitir ao consumidor ter acesso a peixes que não se encontram na região, as formas de congelamento que existem hoje possibilitam que o peixe mantenha muitas das caraterísticas que possuía em alto mar ou nos rios onde são capturados. O importante é garantir que este permanece congelado durante toda a cadeia de abastecimento até à sua mesa.

 

Proveniência

Os peixes podem ter diversas proveniências: rio, mar ou técnicas de aquicultura. Podem, igualmente, ser provenientes de diversos países.

O local onde o peixe foi capturado vai ter influência não só no sabor do mesmo, mas também na sua qualidade. A forma como os rios estão ou não poluídos, os cuidados com que são produzidos em aquicultura e a forma como são recolhidos em alto mar vão ser fatores importantes. A proveniência geográfica também vai fazer com que o peixe, por vezes, apresente características diferentes, essencialmente devido à alimentação do mesmo, que poderão ser notadas em termos de sabor e de textura.

 

Saber a proveniência do seu peixe e a forma como este é conservado antes de chegar à sua mesa pode fazer toda a diferença nas suas opções futuras quando decidir comprar este tipo de alimento! Para além da diferença entre sabor, esta análise pode garantir a qualidade nutricional do peixe, fazendo com que este chegue nas melhores condições à sua mesa!

Apesar de serem dois aspetos simples, decidir quando escolher entre peixe fresco e congelado, bem como ter em atenção à proveniência do mesmo, pode fazer toda a diferença no seu sabor e na qualidade em termos nutricionais.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
17 − 10 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>