Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Como renegociar as dívidas de um clube de futebol

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

O futebol é um desporto coletivo que se pratica em todos os países da Europa e do mundo. A sua situação atual, nomeadamente em Portugal, é determinada pela existência de vários clubes que dada a sua situação financeira se encontram em falência técnica ou com dificuldades em cumprir as suas obrigações. Mesmo com os rendimentos obtidos com a venda de bilhetes nas bilheteiras, os prémios de participação em competições nacionais e internacionais, presenciou-se um aumento dos gastos dos mesmos.

Dificuldades Financeiras

Existem diversos motivos que poderão ter originado esta situação nomeadamente a ausência de capitais próprios, a diminuição das receitas, alguns custos fixos inerentes à utilização e manutenção dos espaços, os salários dos jogadores que, em alguns casos são muito elevados e alguns gastos que são desajustados com a veracidade financeira dos clubes.

O futebol português está em grande dificuldade e, visto que, atualmente nos encontramos numa conjuntura de crise de âmbito mundial, algumas pequenas falhas poderão levar à extinção de alguns clubes. Talvez o atual modelo profissional e a gestão futebolística necessitem de uma reestruturação.

Nos dias de hoje estes têm que obedecer a algumas normas, entre as quais, os clubes só poderão pertencer se obtiverem os requisitos financeiros para tal e, alguns já não prosseguem para certos investimentos ou negócios sem a autorização e o parecer dos parceiros financeiros.

Exemplos de Clubes que renegociaram as suas dívidas

São vários os que detém dividas fiscais ou à Segurança Social. De seguida descreve-se a situação do Vitória de Setúbal.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Este juntamente com a Direção e os seus credores elaborara um Plano de Renegociação das suas dívidas e entregaram no Tribunal de Comércio de Lisboa para a sua aprovação.

A sua finalidade era atingir um acordo com os credores para pagamento em falta de 29 milhões de euros.

Para que esta negociação fosse aceite, os Dirigentes deste clube tiveram que divulgar as contas aos seus credores, avaliar as várias hipóteses de onde pudessem extrair alguns lucros e apresentar uma proposta futura credível.

Este Plano foi aceite e encontra-se atualmente em curso.

Já o Beira-Mar possui cerca de 80 credores. Estes reclamaram uma dívida no valor de três milhões de euros.

O seu presidente apresentou ao Juízo do Comércio de Aveiro (no passado mês de Março) um Processo Especial de Revitalização, manifestando que este defronta sérias dificuldades.

Estratégias para renegociar as dívidas

Existem algumas estratégias que se podem adotar mas, em primeiro lugar, é necessário contabilizarem-se as despesas e organizar o futuro tendo em conta este fator. Eis algumas estratégias:

  • Conseguir persuadir os credores (que na maior parte das vezes são a banca ou empresas) do potencial das receitas concebidas pelo futebol. Se os jogos forem transmitidos na televisão, é possível obter-se uma parte dos valores gerados pela transmissão. A exploração comercial da marca ali representada poderá de igual modo facultar algumas receitas. Nos dias de jogos no próprio estádio poderão se organizar algumas iniciativas por forma a produzir alguns lucros (como por exemplo a venda de bebidas).
  • Tentar induzi-los a apoiarem um plano que se centre na venda de alguns jogadores todos os anos. É costume as equipas mostrarem interesse por jogadores de outras equipas adversárias, comprando o passe dos mesmos. É assim que as equipas se mantêm fortes e favoritas na comunicação social, casas de apostas e, claro, aos olhos dos seus adeptos e simpatizantes.
  • Optar por uma estrutura de baixos custos, favorecendo em primeiro lugar o corte das despesas e, posteriormente, uma potenciação das receitas, ou seja, tentar reduzir ao máximo as despesas com o pessoal e em alguns bens desnecessários e tentar rentabilizar tudo o lucro obtido.

Devido à posição de um grande endividamento talvez compita à banca, que era a principal financiadora de vários clubes e de Sociedades Anónimas Desportivas, impor novas regras para a área desportiva, nomeadamente do futebol.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
27 ⁄ 9 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>