Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Como melhorar e dominar as cores e luzes em suas fotos

Precisando de Dinheiro?

Ganhe até $80 por Dia
Sem Indicar Nem Vender
Forneça seus Dados para Começar

Com o avanço da tecnologia a arte de fotografar não pertence somente aos profissionais ou estudantes do assunto. Seja com uma DSLR (câmeras mais avançadas que permitem a troca de lentes e outros acessórios), uma câmera compacta ou até mesmo a do seu celular – e seus diversos APPs – você pode conseguir fotografias incríveis seguindo algumas regras básicas e nem um pouco complicadas. Uma delas é o White Balance (balance do branco), sobre a qual falaremos da forma mais simples possível mas que transmita o bastante para você alcançar os resultados desejados em suas fotos.

Trocando em miúdos, o balanço de branco, uma das configurações mais importantes da sua câmera, é o processo que na fotografia torna branco os objetos que mais aparentam ser brancos em nossa visão. Ou seja, remove cores, tons, não reais. O WB caminha de mãos dadas com a questão da temperatura de cor na foto, logo, é preciso dar uma olhadinha na mesma também. Na maioria das vezes queremos que a coloração da foto seja a mais próxima possível do real mas também, podemos e deveríamos, brincar com as cores de nossas fotos e para isso precisamos dominar não só o conceito do balanço de branco como também o de luz e suas temperaturas.

Algumas luzes são mais amareladas (quentes) e outras mais azuladas (frias). Algumas fotos ficam mais azuladas do que a cena retratada e outras mais alaranjadas, não? Pois então, essa variação de tom no resultado é decorrente da temperatura da cor da cena e o balanço do branco configurado em seu retrato.  Quanto mais “quente” o objeto, mais luz é irradiada e no caso da fotografia essa relação é feita por K (Kelvin), logo, quanto maior a indicação de temperatura (8000K, por exemplo) mais fria é a luz e consequentemente as cores e vice-versa. Para simplificar, uma imagem exemplificando a relação:
temperatura, luz e cor (créditos da imagem: Google)

A noção de temperaturas de luz auxilia a entender a importância do balanço do branco na fotografia assim como nos permite experimentar com mais liberdade ou autenticidade o resultado buscado no retrato do objeto.

A configuração do WB vai de acordo com a luz da cena retratada, certo? Por sorte, a maioria das câmeras já possuem configurações pré-preparadas para determinadas iluminações, diversificando de acordo com o modelo (ou APP!). Experimente-as e assim estará aprendendo tanto sobre seu próprio equipamento quanto sobre tons e fotografia! E quando quiser partir para o modo manual saiba que precisará, obviamente, regular o balanço de branco a cada mudança de ambiente e iluminação.  Para fazê-lo, basta escolher um objeto branco como ponto de referência para ser o “branco da sua máquina”: mire em um objeto branco, ajuste o foco e exposição e segure levemente o botão (sem dar o “click!” do retrato) e sua câmera entenderá o tom do objeto como seu tom de branco. Assim que você for fotografar outros ambientes e condições, siga novamente esses passos para assim ajustar o White Balance para seus novos registros.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

O balanço de branco é importantíssimo na fotografia e, com prática, seu domínio é completamente possível. Uma das maiores dicas em relação à fotografia é: pratique. Fotografe bastante, em diferentes ambientes e situações, com diferentes configurações, arrisque o manual e assim você irá conhecer seu equipamento e perceber que é a sua visão quem comanda os resultados!

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
20 − 13 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>