Badalar TRISTE

Maldito relógio por que não para
Não me faça tanto sofrer
Ela vai se para sempre
santificada àquela hora em que eu a conheci
Breve o sol vai nascer
E eu ainda nem consegui dormir
Não importa

Não percebes relógio que só tenho esta pequena noite
Para viver esse amor
Seu badalado é muito triste
para quem ama e não me faz lembrar
Que estou sentido tanta dor.
E aflição por vê-la partir
já que daqui a pouco ela se vai e não volta mais.

Condenado relógio por que não interrompe esse angustiado badalar
Para que minha vida não venha ser aniquilada a cada instante
Ela é a luz que pode brilhar meu ser
Sem seu amor sou coisa nenhuma
Pare seu correr e detenha seu tempo,
Bendito relógio faz esta noite ficar eternamente viva
Para que meu amor não se separe de mim
E jamais amanheça e não venha outro amanhecer.
(Senisio)

Talvez você goste disso também:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
29 − 14 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>