Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


As principais desvantagens dos programas de fidelidade dos casinos de jogos

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

À primeira vista os programas de fidelidade nos casinos de jogos oferecem apenas vantagens, mas se analisarmos a questão bem a fundo vemos que não é bem assim. Quais serão portanto as principais desvantagens dos programas de fidelidade dos casinos?

Perigo de viciação

Os programas de fidelidade premeiam isso mesmo, a fidelidade. O que quer dizer que quanto mais tempo o jogador passar dentro do casino, quanto mais apostas fizer, maior será o prémio que recebe em pontos a juntar ao seu saldo para apostas. Jogar mais do que seria normal pode induzir ao vício do jogo e muito rapidamente se pode passar de jogador casual a jogador compulsivo.

O saldo de apostas pode descontrolar-se

Enquanto sabemos exatamente aquilo com que contamos, somos capazes de manter as situações sob controlo, mas quando nos acenam com proveitos inesperados podemos perder a noção de realidade muito facilmente. Dirão alguns que desde que não se ultrapasse o saldo destinado a apostar então não há problema. Certo! O problema reside em nos convencermos de que rapidamente entrará dinheiro fresco vindo dos pontos de fidelidade para compensar o que vamos gastar dos nossos fundos pessoais. Quando se entra numa espiral de gastos descontrolados é complicado fazer o comboio reentrar nos trilhos

Confundir o real interesse do casino com interesse verdadeiro pela pessoa do jogador

É um dos objetivos dos casinos fazerem os seus jogadores acreditarem que por detrás do negócio existe uma real estima pelo jogador. Mas mal de quem se convence disso! Os casinos de jogos são negócios e como todos os negócios são pensados até ao mais ínfimo pormenor para apresentarem lucros. É verdade que apresentam incentivos para a prática do jogo responsável e é verdade também que disponibilizam ajuda para os jogadores com crescentes problemas de adição ao jogo, mas apenas porque a isso são obrigados por lei. Os programas de fidelidade nada têm a ver com relações de estima dos casinos pelos seus jogadores, têm simplesmente a ver com a necessidade de manter os jogadores fiéis ao casino. Se para garantir a fidelidade da clientela os casinos tiverem que acenar com eventuais vantagens lá terá que ser. Mas o que aparentemente perdem aqui vão ganhar em tripo la mais à frente. Errado? Monstros? Nada disso. Apenas bons negociantes. Cabe aos jogadores como adultos pensantes e responsáveis que são defenderem-se contra manobras manipulativas ou publicitárias.

Passar mais tempo no casino significa passar menos tempo com amigos e familiares

A vida social de um jogador de casino sai bastante prejudicada com o tempo despendido pelo jogador dentro do casino. A socialização começa a ser feita apenas entre pessoas do mundo do jogo e as relações pessoais empobrecem com isso. Ora se existe esse perigo concreto mesmo em situações normais, usufruindo da hipótese de poder apostar duas, três vezes mais, a noite do jogador esvai-se em redor da mesa de jogo, seja ele de poker baccarat, roleta ou blackjack. Os programas de fidelidade proporcionam mais dinheiro para apostar e isso implica mais tempo a jogar. É uma enorme desvantagem com consequências que podem ser graves para a vida pessoal dos jogadores.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Enquanto se mantém fiel a um casino, o jogador deixa de experimentar outros casinos

Na ânsia de acumular os pontos de fidelidade oferecidos pelo casino o jogador impede-se de experimentar outros casinos e de viver experiencias diferentes noutros salões de jogo. Em equipa que ganha não se mexe, é o que se costuma dizer, mas também é verdade que se não sairmos do mesmo lugar nunca saberemos se existem lugares melhores. O casino aonde costumamos ir mais vezes pode ser muito bom, mas quem sabe se não existem outros de que poderíamos até gostar mais? Que tenham até quem sabe prémios mais aliciantes, jogos mais emocionantes? E todas essas hipóteses se perdem quando assentamos arraias num casino apenas para podermos usufruir de todos os pontos de fidelidade que podermos amealhar.

O prazer de jogar pode perder-se

Mais do que uma possibilidade de obter lucros “fáceis” jogar tem que ser um prazer. Só assim vale a pena e só assim sabe bem. Se o jogador estiver constantemente preocupado em aumentar o seu saldo de apostas, em manobrar os fundos da sua conta e em atingir mais pontos, mais bónus para poder jogar cada vez mais, está a passar ao lado da verdadeira essência do jogo. E quando deixa de ser divertido, deixa de ser bom. Transformar o ato de jogar numa sequência de esquemas e de raciocínios frios cheios de lógica lucrativa vai matar a sensação gostosa do jogo. Os programas de fidelidade premeiam a fidelidade dos jogadores, não premeiam o prazer que sentem em jogar e pecam por isso.

A noção errada de que os pontos de fidelidade não representam dinheiro a sério

Como não é dinheiro que tenha chegado à sua conta através de ganhos diretos, ou de investimentos pessoais o jogador facilmente se abstrai da ideia de que os pontos de fidelidade representam dinheiro. Caso o jogador perca todo o seu saldo de apostas terá inevitavelmente que o refazer com dinheiro real saído da sua real conta bancária. Dinheiro de que precisará eventualmente para pagar a renda da casa, a conta da água da luz… Fazer perder a noção de que dinheiro ganho por bónus é dinheiro a sério é uma enormíssima desvantagem dos programas de fidelidade. Mal nenhum virá de perder de forma voluntária apenas o que não faz falta, é verdade. Mas ultrapassar a fronteira do que é ganho por intermédio dos pontos de fidelidade e o que é ganho por meio de apostas pagas com saldo real vindo do bolso do jogador é meio caminho andado para a longa estrada dos prejuízos.

Vantagens, desvantagens dos programas de fidelidade… Tudo muito subjetivo. Depende do ponto de vista, depende da perspetiva de cada um. Segundo a perspetiva dos casinos de jogos os programas de fidelidade são ótimas oportunidades de obterem ainda mais lucros com os seus jogadores. Segundo a perspetiva dos jogadores as desvantagens podem tornar-se mais pesadas do que as vantagens. Para tudo é preciso equilíbrio, bom senso e contenção na hora de decidir apostar ou refrear o ímpeto de arriscar. Fidelidade na vida, nas relações, nos casinos de jogos só deve ser recompensada pela sensação boa de sabermos que somos queridos por alguém, nalgum lado, só porque sim.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
3 + 24 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>