Anatel registra queda nas linhas de telefonia fixa no país

Trade de Bitcoin?

Simples! Comece Agora!

Acesse SimpleFX

A Anatel, Agência Nacional de Telecomunicações, divulgou recentemente uma informação interessante: de setembro de 2016 para setembro de 2017, o Brasil sofreu uma redução de 1,1 milhão de linhas de telefones fixos em todo o país. Em setembro do ano passado, os brasileiros eram donos de 42,2 milhões de linhas de telefones fixos. No mesmo período deste ano, a agência contabilizou apenas 41,1 milhões de linhas do tipo. Esse decréscimo representa uma porcentagem de -2,69%.

Investigando os porquês

Os dados podem não soar como uma surpresa para as pessoas que acompanham mais de perto a área das telecomunicações. Antigamente, ter uma linha de telefonia fixa em casa era um objetivo importante para a maioria dos brasileiros. No entanto, o advento da telefonia móvel passou a alterar esse cenário.

Os telefones celulares podem ser utilizados por seus usuários basicamente em qualquer hora e lugar. As coberturas de sinal oferecidas pelas operadoras têm procurado aumentar seu alcance cada vez mais. Além disso, com exceção dos smartphones recém-lançados, há opções de aparelhos de telefonia celular com preços mais acessíveis a boa parte da população nacional.

O consumidor brasileiro está cada vez mais acostumado a ter e a utilizar um telefone celular. Muito mais do que efetuar uma ligação, o que não faltam, especialmente nos modelos mais modernos, são aplicativos de trocas de mensagens, acesso à internet, dispositivos para transações bancárias, games, redes sociais, mapas, acesso aos e-mails, câmeras de fotografia e vídeo, além de muitos outros serviços e ferramentas que só a telefonia celular é capaz de oferecer.

Embora ainda façam parte das casas brasileiras, os telefones fixos não oferecem todas as possibilidades que os celulares disponibilizam, e isso tem pesado na hora de optar por um ou por outro. Segundo as justificativas e as estatísticas, a tendência natural é de redução das linhas fixas.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

Sem pirataria

Apesar da popularização dos telefones celulares em todo o território nacional, uma grave preocupação da Anatel diz respeito aos celulares piratas. Esses modelos não passaram pelas avaliações da agência e, portanto, não possuem o certificado de homologação Anatel.

Isso significa que a utilização desse tipo de aparelho pode prejudicar outros sistemas de telecomunicação do país. Além disso, há o risco de superaquecimento e até mesmo de explosão de bateria, colocando em risco não só a eficiência do aparelho, como também a segurança de seus usuários.

Por conta dos riscos apontados, a Anatel anunciou que pretende bloquear completamente o sinal dos aparelhos pirateados em todo o país entre 2018 e 2019. Pesquisas apontam que quase 12 milhões de celulares piratas entram em território nacional a cada ano.

Talvez você goste disso também:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
24 ⁄ 6 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>