Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


Amor de roceiro.

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

 Amor de roceiro.

Eu presencie varias passagem nesta vida até hoje e guardo um pouco delas em minha memória os acontecimentos.

Sai da minha cidade e fui passear em uma fazenda do interior do estado de minas gerais.

Nem me lembro bem quem foi que me fez o convite para ir a passeio, isso não é importante, o que importa de fato é o que presenciei ali naquela fazenda super grande.

Uma fazenda de muito gado, grandes lavouras de cafés, canaviais, plantação de milhos, também existia uma grande granja de frangos, mangueiro de porcos caipiras, no terreiro, galinhas caipira por toda parte, naquela fazenda não faltava nada.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

         Presenciei ali uma declaração de amor que jamais esqueci nessa minha vida ate este momento vivido.

Conheci uma família de lavradores, sendo o senhor Toím, como era chamado o avô dos pequenos Cláudio e Lucas, sua esposa dona Rute e a filha mãe dos meninos, uma família muito simples e humilde por sinal.

         Com pouca prosa, como se diz no interior, eu já parecia ser de dentro da cozinha, o senhor Toím conversava comigo como que se estivesse falando com um de seus filhos, pensei assim.

         Mas com o passar dos dias vim descobrir que o senhor Toím e dona Rute só tinham tido a mãe de Cláudio e Lucas, os gêmeos de cabelos pretos como carvão e olhos azuis cor de céu e ela era mãe solteira, os meninos eram filhos do filho de um fazendeiro, ali mesmo de perto.

O rapaz não quis aceitar os filhos, sendo ele rico, fez o que fez abandonou a moça grávida, senhor Toím e dona Rute tendo pena da filha aceitaram e passaram então a criar as crianças, que ate chamava os avôs de pai e mãe.

Muito bacana tudo aquilo, eu ouvia o senhor Toím falar-me, com cabeça baixa ouvia tudo e sem pestanejar, hora levantava os olhos e adentrava aos seus e via que lagrimas saiam daqueles olhos cansados de lutar por vida melhor, mas mesmo assim ali estava uma lagrima de alegria por ter feito o que fez durante a vida toda.

         Contava-me ele que desde que nasceu viverá ali naquela fazenda, pois seus pais trabalharam e casaram ali também e ele nasceu e não mais saiu para nada, sua vida estava fincada naquelas terras, conheceu dona Rute ainda criança e com ele ela prometeu casar e casaram de fato.

         Depois de dois anos de união tiveram a filha única que se tornou mãe dos meninos, ela disse a eles que foi um pouco forçada, isso já não mais importava, pois senhor Toím e dona Rute sempre deram conta do recado e não era por falta de pai legitimo que os meninos não iam ter amor de família.

Ainda me disse ninguém pede para nascer, mas nascendo tem que continuar vivendo e todos se quiserem pode controlar nascimento desordenado sem planejamento.

         Eu perguntei algumas coisinhas ao senhor Toím, como por exemplo, quando ele ganhava, não que ele era obrigado a me responder, mas foi prontinho na resposta que me deu.

         O que ganho aqui menino é suficiente para me manter de pé, tratar da minha amada, como também dos filhos que herdei da minha única filha sou grato por isso.

Aqui tenho uns porquinhos, umas galinhas, a pequena plantação de mandioca para farinha e trato de porco, como todo ano encho tudo ali de milho, arroz, feijão, abóbora e mais alguma outra cultura, assim menino eu tenho meu salário, que não é muito grande, mas também não é pequeno, para que possa passar fome.

Eu ouvia tudo, íamos caminhando rumo a uma capelinha que havia no alto da colina, faltando uns quinhentos metros para chegar, eu olhei um pouco adiante e avistei dentro de uma grotinha um bicho caído dentro da pequena vala.

Então apontei, e o senhor Toím foi até o local onde o bicho estava, fiquei a certa distancia olhando o que o senhor Toím iria fazer.

Ele chegou perto do valo e me disse é uma búfala e ela esta muito machucada, eu não queria ir ate perto, quando ele me disse o bicho nem mais sai do lugar esta com muito ferimento pelo corpo e já com muitos bichos, pode aproximar-se.

         Um pouco receado fui chegando devagarzinho, quando vi a situação da búfala fiquei com os olhos raso de lagrimas, por ver tanto ferimento pelo corpo do animal e como tinha bichos nos ferimentos.

Perguntei então o que fazer o senhor Toím me disse você pode ir ate minha casa e trazer os remédios de tratamento, vou sim respondi já saindo de imediato.

         Era um pouco distante me lembro que de vez em quando eu corria ladeira abaixo, peguei os apreteichos e voltei rapidamente, sei que um dos meninos ainda quis subir comigo.

         Conheci naquele homem o verdadeiro amor que um ser humano pode ter dentro de si, ao chegar à beirada da vala viu que o senhor Toím estava retirando os bichos de dentro dos ferimentos, percebi que o dedo indicador da mão direita do senhor Toím estava todo sujo de pus e sangue, então perguntei, o que fez com os bichos.

         Ele me respondeu: comecei retirando com a ponta de um pauzinho, mas estava demorando muito então entrei de dedo e arranquei ate o ultimo, agora é só fazer o curativo e todo dia voltar aqui até que a menina ai fique curada.

         Fiquei por momentos olhando aquele senhor e perguntei o que teria acontecido com aquela búfala, ele disse aqui tem muita onça de deve de ter atacado a noite, mas por sorte ele tinha uma bezerra acompanhante, sua salvação.

Isso faz muitos dias.

Que nada pouco mais de cinco ou seis dias, é que aqui tem muita varejeira e com isso elas aproveitam e colocam seus ovos, mas descobrimos em tempo agora e curar até que ela levante e depois la desce a para o curral.

Ela teve muita sorte por duas vezes a primeira por ter sua bezerra e depois por você ter visto-a na vala, mas esta salva, ela não pode te agradecer, mas eu agradeço por ela, obrigado.

         Aquilo doeu meu coração, recebi um agradecimento vindo da alma de um roceiro que nem era dono daquela búfala, pois era de seu patrão filho do patrão de seu pai, que herdou a propriedade e manteve todos trabalhando como no velho tempo de seus pais-avô.

Pensei forte dentro de mim, será que o fazendeiro reconheceria o que aquele senhor por nome de Toím fizera para uma vaca de toda uma criação, uma coisa era certa ali vi um amor, que nenhum dinheiro do mundo poderia pagar.

Cada coisa que passava em minha mente ao ver os dedos do homem penetrar na carne podre e bichosa da búfala curando-a como que se fosse uma pessoa da sua família e a bondade que se percebia.

Creio que ficamos por umas três horas ou mais fazendo aquela ação, eu sabia que dois dias depois iria embora daquela fazenda e naquele dia nem conheci a capelinha, pois se tornou noite e como ela estava bem ao alto da colina não mais dava para enxergar o trilho, com isso não subimos.

         Mas não mais nem pensava no conhecimento da capela que muitos diziam ter recebidos milagre dentro dela, o que eu vi e senti foi maior que qualquer milagre, uma coisa talvez simples para os roceiros, mas para mim foi à alma maior do amor.

Fiquei na fazenda os dias previstos por nós e acompanhando o senhor Toím cedo e a tarde para curar a búfala até minha partida, sei que depois de anos encontrei com um dos meninos, Lucas em um supermercado, ele me disse que o seu avô havia falecido e também sua avó e que agora estavam residindo na cidade e trabalhando.

         Então perguntei se ele lembrava da búfala e me disse que a vaca viveu por mais umas cinco crias e depois fora vendida para produção de carne.

Aquilo foi um coice em meu coração, pois tinha ainda em mente o dedo indicador daquele homem arrancando os bichos e fazendo os curativos naquela carne podre e bichenta.

Um homem como o senhor Toím deve de ter ido mesmo para o céu, se isto existe mesmo de verdade, pois nenhum dos que foi voltaram para dizer a verdade para os que aqui estão.

Sei que amor aquele senhor tinha, notei que existia dentro dele amor um amor perfeito e depois por ver aquela passagem, só faz uma coisa daquelas quem de fato tem Amor nada mais que Amor para Amar.

“Senisio”

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
32 ⁄ 16 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>