Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


A INTELIGÊNCIA EMOCIONAL AO SERVIÇO DAS ORGANIZAÇÕES

Precisando de Dinheiro?

Ganhe até $80 por Dia
Sem Indicar Nem Vender
Forneça seus Dados para Começar

Algumas empresas contemporâneas estão a dar a maior atenção ao recrutamento dos indivíduos com elevado grau de inteligência emocional. Existe mesmo uma preocupação muito grande em as empresas disporem do máximo de gestores com inteligência emocional acima da média.
Parece estranho, mas em boa verdade está aceite que a actividade deste tipo de pessoas permite rendibilizar fortemente os recursos em especial os recursos humanos, os quais são a base de todo o sistema organizacional .
Mas como é que a inteligência emocional actua no meio de uma organização ? Quais são as atitudes, as acções, a actividade, o trabalho efectivo do indivíduo emocionalmente inteligente enquanto gestor ou condutor de pessoas? Que influência exerce? Que meios utiliza ? Que estratégia aplica ? Quais os seus objectivos ? Quais os seus princípios ? Quais os seus valores ético-profissionais ? E porque é que este género de gestores interessa aos empresários e às organizações em geral ?
Os objectivos a atingir são a rendibilização dos recursos humanos, das pessoas consideradas como o principal recurso das organizações, dignificando-as.Os princípios que estão na base são a redução do stress, maior responsabilização, mais educação, maior motivação, maior solidariedade hierárquica , melhor conhecimento dos problemas reais dos trabalhadores.
Os meios utilizados são simples, eficazes e de custo muito reduzido . Assim, o gestor com elevado potencial de inteligência emocional só tem que, para todos os trabalhadores sem excepção, ser dedicado, saber estar com eles em qualquer momento ou lugar, não ser autista, não ser arrogante mas fraterno, não ser cínico mas verdadeiro, não ser egoísta mas solidário, não ser pedante mas pedagogo a propósito e a despropósito, não ser desconfiado mas confiar, não ser corrupto mas rigoroso, não ser ciumento mas partilhar o saber, não ignorar mas saber acolher , ser sincero e não mentiroso, partilhar e não manipular, ser alegre e não carrancudo, ser humilde e não humilhar, ser líder e não cacique , amar e não odiar. São estes alguns dos meios a utilizar na gestão dos recursos humanos, numa organização de sucesso, ou que se queira de sucesso.
Os valores ético-profissionais são os do rigor, da transparência, da solidariedade, da responsabilização, da consciencialização, da justiça, da partilha.
Estes gestores interessam aos empresários e às organizações em geral, porque a vida das empresas torna-se mais saudável, tem menores custos, ou com os mesmos custos tem maiores rendimentos, melhores resultados. Estes gestores não têm complexos em discutir os problemas, não são autistas, conseguem com uma extraordinária facilidade motivar os trabalhadores e envolvê-los em projectos de desenvolvimento e nos objectivos de produção sem consequentes exigências de contrapartidas financeiras remuneratórias, pois é sabido que nem sempre é só o factor remuneração que move o trabalhador, mas sim o factor motivação através da corresponsabilização, da dignificação individual e colectiva.
Só é possível ter um Mundo melhor com melhores organizações, onde o homem não explore o seu semelhante. A boa ou excelente qualidade só se pode obter através da utilização de bons recursos, com a aplicação de bons meios, combinando-os da melhor maneira possível.
Desenganem-se aqueles que julgam poder atingir o nível dos países mais desenvolvidos sem utilizar prioritariamente o factor qualidade e a inteligência emocional. Continuaremos na cauda da Europa, como europeus de terceira qualidade à espera que nos utilizem definitivamente, batendo palmas a uma avassaladora globalização que é boa porque é de bom tom defendê-la, mesmo que o rol dos excluídos seja cada vez maior e ameaçador nesta Sociedade apática e injusta.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Sobre: ANTONIO MANUEL MARTINS MIGUEL

Sou português, economista aposentado. Resido em Tianguá (CE), Brasil. Nascido em 13 de Agosto de 1942. Tenho uma pós-graduação em Terapias Integrativas e Complementares. Tenho o Grau de Mestre em Reiki, em 2 linhagens. Sou um indivíduo alegre, que acredita em Deus e que todos somos um. Defendo o livre pensamento e combato a corrupção, a hipocrisia, o caciquismo, a intolerância, o oportunismo, a violência doméstica e aos animais, defendo a Natureza. Estou caminhando, procurando dar o meu contributo de energia positiva para tudo que me rodeia. Luto por uma nova prática política, por que os actuais políticos fazem parte do problema e não da solução. Acredito numa prática quântica, pois o indivídupo tem que ser o centro das soluções

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
18 − 13 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>