Ganhe R$80 por Dia. SEM INDICAR NEM VENDER


15 Bilhões de anos de Sexo – Uma história sexy do sexo.

Precisando de Dinheiro?

Ganhe R$80 por Dia
Sem Indicar nem Vender
Apenas Visualizando Anuncios
Forneça seus Dados para Começar

Desde que o primeiro organismo se arrastou na lama primordial, tudo o que se fez no Universo foi sexo. Às vezes, solitário; às vezes, com vários, componentes, baterias e adereços. Não importa. O mundo gira em torno do sexo e safadeza. Em tom de brincadeira resolvi contar a história e a glória do sexo através dos tempos.

15 BILHOES DE ANOS A.C.
Nascimento do Universo segundo a teoria do Big Bang: uma baita explosão dá origem aos sóis, planetas e galáxias. Não dá pra levar muito a serio um Universo que já começa explodindo, mas, se você chamar o Big Bang de Grande Orgasmo Cósmico, a coisa melhora um pouco.

4 BILHOES DE ANOS A.C.
Surge a Terra, que, nessa época, é apenas uma bola de magma quente. Não há clima para sexo. Nem para a vida, pra falar a verdade.

3 BILHOES DE ANOS A.C.
Vários organismos unicelulares começam a se reproduzir – mas sem sexo. Os bichinhos simplesmente se dividem e formam novos organismos. De cada um, nasce um monte.

1,5 BILHAO DE ANOS A.C.
Surge o Homo habilis, um macaco peludo e ereto que consegue usar as mãos com mais habilidade do que os outros mamíferos. A primeira utilidade da mão hábil é essa mesma que você pensou. A segunda é catar piolho no colega ao lado e comer. Um dos hábitos já foi superado: hoje em dia já existe xampu anti-piolho.

Sabia que o Autor deste Post Ganha Dinheiro até Hoje por te-lo Escrito?
Ganhe Dinheiro Escrevendo Artigos

35.000 A.C.
Surge o homem de Cro Magnon, versão um pouco mais bem desenhada do seu antecessor Neandertal. A humanidade vive em cavernas e tem suruba toda noite. A monogamia só seria inventada muitos anos depois. Não existem casais nem famílias crianças são criadas todas juntas e nenhuma mãe sabe dizer quem é o pai. A vida parece um Baile de Carnaval que não tem horas para acabar. Surge nessa época a profissão mais antiga do mundo, essa mesmo que você imaginou, as mulheres trocavam sexo por comida e proteção, eram as versões das garotas de programa e Acompanhantes da época, isso também não mudou muito, só que comida e proteção hoje em dia tem outro nome: Dinheiro.

9.000 A.C.
Depois de passar 3 milhões de anos catando frutos podres no chão e caçando mamutes, o ser humano descobre a agricultura. Em vez de ficar andando pelo mundo feito uma barata tonta, ele vira sedentário e procura uma terra pra chamar de sua. A pecuária também começa nessa época e, quando ninguém esta olhando, surge, é claro, a zoofilia. Vem daí o ditado “o bom cabrito não berra”, nessa época surge a Cerveja que é descoberta por acaso com o trigo, misturado à água. Com carne e cerveja já rolava uma boa festa.

3.000 A.C.
De saco cheio de tanto comer vacas, o homem cria cidades e inventa leis. A primeira aglomeração humana dita civilizada, a Suméria, começa entre os rios Tigre e Eufrates, onde hoje está localizado o Iraque. A historia, como se vê, anda em círculos: A vida civilizada começa e termina exatamente no mesmo lugar.

2.000 A.C.
As civilizações babilônica e assíria sucedem a Suméria. Espertos, os babilônicos inventam a prostituição sagrada. Antes do casamento, a mulher babilônica deve ir ao templo de Astarte, a deusa do amor, dar para qualquer um e, só então, voltar para casa. O dinheiro pago pelo cliente fica como donativo para o templo. As bonitinhas iam até lá, davam e voltavam no mesmo dia. Os tribufus esperavam anos até que um homem sensível, bondoso e com problema de visão aparecesse e as comesse. Muitos estrangeiros iam até a Babilônia só para visitar o templo de Astarte, de onde se conclui que o turismo sexual também foi inventado lá.

500 A.C.
Os gregos inventam o culto a Dionísio (Baco, para os romanos), deus do vinho e das orgias. As sacerdotisas do cara, chamadas de bacantes, tinham mania de trucidar qualquer macho que interrompesse seus rituais. A prática continua até hoje, mas é atualmente conhecida como TPM. A cortesã (garota de programa) grega Frinéia começa a fazer tanto sucesso entre os homens da cidade de Atenas, que as esposas deles, sempre frutriqueiras, inventam que ela havia ofendido aos deuses e merecia morrer. Levada a julgamento, Frinéia está prestes a ser condenada quando seu advogado de defesa, Hipérides, arranca as roupas dela na frente do tribunal e afirma: “Alguém com um corpo tão perfeito não pode possuir uma alma imperfeita!” Frinéia é absolvida e faz uma festa no bordel. Esses gregos sabiam das coisas…

100 A.C.
Cleópatra chega ao trono do Egito. Ambiciosa, resolve se enroscar com Cesar, imperador de Roma. Ele tinha mais de 60 anos; ela, apenas 17. Os romanos ficam tão emputecidos com o caso que começam a chamar Cléo de “aquela putinha do Nilo” Diz a historia (romana, claro) que ela era capaz de satisfazer 100 homens em uma noite usando apenas a boca. E tem gente que ainda censura qualquer referência a sexo e congêneres. Sacanagem.

43 D.C.
O imperador romano Calígula abriu oficialmente a temporada de orgias e bacanais em 37 d.C. Mas ele morreu cedo e foi substituído pelo tio, Claudio. Um dia, o imperador teve de ir a Bretanha esmagar uma revolta de bárbaros e a mulher dele, Messalina, ficou sozinha em casa. Deu mais que chuchu na serra. Ela era louca por homens de uniforme e, toda noite, escalava alguns soldados romanos para fazer o serviço. Quem se recusava era jogado aos leões. De vez em quando, ela saia disfarçada pelas ruas de Roma, entrava na primeira taberna que via aberta e transava com o primeiro bêbado que encontrava pela frente. Ou por trás. O historiador Plínio, o Velho, escreveu que, certa vez, Messalina transou 25 vezes em 24 horas num concurso público com a prostituta mais famosa da cidade. Quando voltou da Bretanha, Cláudio, um imperador conformado, dedicou-se a escrever a historia de Cartago. Mas um dia deu uma pirada na cabeça dele, ele chamou um centurião e mandou o cara atravessar a esposa com a espada. Uma de verdade, dessa vez.

500 D.C.
Na Índia, uma virgem divinamente inspirada escreve o Kama Sutramanual com 156 posições sexuais. Vários amantes morrem engatados sem conseguir desatar os corpos. Enquanto isso, no Ocidente…

500 – 1453 D.C.
Não houve sexo no Ocidente durante a Idade Media, período que vai da queda do Império Romano do Ocidente ao inicio das grandes navegações. Quem transava era condenado a arder nas fogueiras da Inquisição. Voltaremos dentro de alguns instantes com a sensacional historia do sexo na Europa do Renascimento.

622 D.C.
Enquanto isso, no Oriente Médio o profeta Maomé, fundador do islamismo, incentiva a poligamia entre seus adeptos. A ideia é pratica: quanto mais mulheres, mais filhos. Quanto mais filhos, mais crentes. Mas a coisa acaba degringolando. Os sultões turcos do século 15 criaram haréns com até 1.200 mulheres virgens seminuas. Para controlar a TPM conjunta das concubinas, eles inventaram os eunucos, rapazes devidamente castrados para não oferecer perigo. Até o final do século 19, 8 mil eunucos eram produzidos por ano para servir nesses haréns. Não se sabe o que eles faziam com as sobras.

1500 D.C.
Pedro Álvares Cabral chega ao Brasil e encontra um monte de gente pelada na praia, jogando conversa fora, tomando sol e fazendo sexo. igualzinho ao Rio de Janeiro de 2015 numa terça-feira às 11h da manhã.

1527 D.C.
Louco de tesão por Ana Bolena, de 20 anos, o rei inglês Henrique VIII, de 47, decide se divorciar da rainha Catarina de Aragão. O papa entra numa e diz que o matrimônio é indissolúvel. Henrique, só de raiva,rompe com o Vaticano e muda a religião do país, adotando o protestantismo. Tudo por uma bela gatinha de 20 aninhos, que, aliás, acabaria decapitada nove anos mais tarde, depois de transar com quatro plebeus (um de cada vez, claro).

1530 D.C.
Uma epidemia de sífilis varre a Europa. Acredita-se que a doença tenha sido levada para o Velho Mundo pelos marujos de Cristóvão Colombo. A cura só seria descoberta quatro séculos mais tarde. Sífilis, em grego, significa “amante de suínos” Da próxima vez que você encontrar uma porquinha jeitosa, fique esperto.

1774 D.C.
O italiano Giácomo Casanova publica suas memorias em 12 volumes, onde afirma ter traçado mais de 122 criaturas (entre homens, mulheres e animais de pequeno porte). Não muito. Casanova viveu ate os 73 anos e, considerando que ele tenha começado a vida sexual aos 20, a média é de 2,3 criaturas (entre homens, mulheres e animais de pequeno porte) por ano. A fama do cara é puro marketing. Nós, aqui da turma do barmandamos melhor (entre homens, mulheres e animais de pequeno porte).

1822 D.C.
Voltando ao Rio depois de uma visita a amante, a Marquesa de Santos, em São Paulo, o príncipe regente do Brasil, Dom Pedro, se invoca e proclama a independência às margens do Ipiranga. Se não fosse pela amante, a independência poderia ter sido proclamada em qualquer outro lugar. Até em Jacarepaguá.

1837-1901 D.C.
A chamada Era Vitoriana, que compreende o reinado de 64 anos da rainha Vitória na Inglaterra, é vista como uma época em que todos se vestiam bem, comiam bem, viviam bem e transavam mal, graças ao moralismo da Coroa. Tudo mentira. Londres era imunda. O rio Tâmisa era pior que o Tiête e, nas cheias, os excrementos transbordavam pelas ruas. Ninguém tinha privada em casa e, nos bairros pobres, o lixo era jogado na rua mesmo. E todo mundo transava feito coelho. Em 1857, o jornal The Lancet estimou que a cidade tinha 6 mil bordeis e 80 mil prostitutas (a maioria com idade entre 12 e 15 anos). E, além de tudo isso, tinha Jack, o Estripador. Da próxima vez que alguém falar em valores vitorianos, mande o cara entubar.

1930 D.C.
A camisinha é introduzida (ufff!) no mercado.

1943 D.C.
O silicone de uso medicinal é lançado no mercado, para despeito de todas as mulheres agraciadas pela natureza com uma bela comissão de frente. Os machos do mundo todo agradecem à ciência.

1953 D.C.
Hugh Hefner inventa aquela revista de mulher pelada que o seu avô gosta de ler.

1967 D.C.
Cem mil hippies se reúnem em San Francisco, Califórnia, para celebrar a paz e o amor. Todo mundo fica muito doidão e transam até cair no chão. Um tesão. Pode crer. Mó legal. Falou.

1972 D.C.
Linda Lovelace faz o filme pornô Garganta Profunda, primeiro grande sucesso do gênero, em que interpreta (arrã… então tá!) uma moça que tem o clitóris na garganta e, por isso, só consegue prazer quando enfia coisas grandes na boca. Aipos, por exemplo. Você só pensa em sacanagem, né?

1998 D.C.
O presidente americano Bill Clinton leva a estagiária Monica Lewinsky até o Salão Oval da Casa Branca e ensina a ela como respirar pelo nariz. Os republicanos enchem a boca pra falar mal dela e do Bill, preparando o terreno para a futura ascensão do conservador George W. Bush. O Viagra

é lançado  no mesmo ano, mas, aparentemente, não resolve o problema dos republicanos.

2000-2015 D.C.
A Internet se populariza, depois vem a internet de banda-larga, é possível baixar filmes pornôs inteiros em menos de 30 minutos, fotos de beldades são amplamente divulgados, inclusive sem autorização, com o youtube se proliferam vídeos de flagras, o concorrente na versão sexual do youtube o pornotube se populariza, a sacanagem está amplamente acessível e democrática, com a chegada dos smartphones e tablets é possível acessar aqueles “filminhos“ de qualquer lugar, proliferam-se também sites de classificados de Acompanhantes, além de shows eróticos ao vivo por webcams. O mundo está globalmente digitalizado e integrado mais ao invés de ficar mais liberal e democrático as pessoas ficam mais bitoladas e encaretadas, parece que a liberalização sexual ficou apenas na tela do computador, a ordem do politicamente correto é decretada como uma ditadura, o mundo encaretou de vez, existem censuras absurdas, que, é de certa forma uma neurose generalizada, a sensação geral é de que as coisas estão muito estranhas, e estão mesmo. Parece que a liberalização e a conquista de liberdades que foram atingidas nos anos 60, 70 e 80 caíram por terra. A historia, como se vê, anda em círculos.

Talvez você goste disso também:

DOBRE SEU INVESTIMENTO em 90 DIAS

Não precisa indicar ninguém para dobrar seu investimento em 90 dias.

Basta Acessar oTudo.com/GC e Cadastrar-se.



Sobre: RenanMafra

Sou empresário da área de entretenimento no Rio de Janeiro, Fotográfo, designer e programador de sistemas web

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Solve : *
18 ⁄ 6 =


Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>